Cidadeverde.com

Deolindo fala de resistência no PT a possível formação de chapa com MDB

Foto: RobertaALine/CidadeVerde.com

O vereador Deolindo Moura reagiu a  resistências dentro do PT à possibilidade do MDB indicar o vice na chapa governista de 2022. O parlamentar afirma que alguns nomes no PT devem entender que a política é feita por junção de forças. 

“Ninguém faz nada sozinho. A política é feita pelas forças que participam bem como a vontade do povo. Primeiro a vontade do povo. Depois as forças que participam dela. Nesse sentido acho que os partidos têm o desejo de estarem na chapa majoritária. Nesse sentido nada mais importante do que quem encabeça essa chapa garantir esse espaço.  Isso seja o MDB ou qualquer outro partido que queira chegar e fazer parte da cabeça de chapa nesse processo. Nesse sentindo, temos nomes colocados”, afirma. 

 Deolindo defende o nome de Themístocles Filho para a vaga de vice. A chapa deve ser encabeçada pelo secretário de Fazenda, Rafael Fonteles. 

“Existem algumas resistências, mas acho que isso é uma questão resolvível tendo em vista que a política é essa coligação de forças. O  fato é que temos que entender do filiado mais simples ao mais graduado que a política é a junção de forças. É nisso todos querem participar diretamente desse processo da chapa majoritária”, destacou.