Cidadeverde.com

Após conversa com Carlos Lupi, Evandro Hidd aponta rumos para o PDT

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O PDT é um dos poucos partidos que não ainda não apresentaram definição sobre a estratégia para a disputa ao governo do Piauí. O partido deve não ter candidato próprio, mas trabalha duas estratégias possíveis: a primeira é candidato ao Senado e a segunda seria anunciar apoio a um dos candidatos postos.

O nome do partido para o Senado seria o vereador Enzo Samuel. Mas o próprio parlamentar já disse que não tomou nenhuma decisão sobre o assunto.
O caminho mais provável parece ser o apoio a pré-candidatura de Sílvio Mendes (União Brasil). O PDT pode indicar o suplente de senador na chapa majoritária. O ex-prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, é o pré-candidato a senador.

“Estamos conversando. Não há nada definido. Mas não fechamos nenhum canal de comunicação. A prioridade do partido é ter um palanque para o nosso presidenciável Ciro Gomes”, diz o presidente Evandro Hidd.