Cidadeverde.com

João Henrique diz que saída da presidência do Sebrae é “política”

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

O presidente nacional do Sebrae, João Henrique Souza, deve ser destituído do cargo em reunião do conselho deliberativo que irá ocorrer no dia 17. Em entrevista à coluna, ele afirma acreditar que a saída foi motivada por questões políticas.

João Henrique afirma encontra-se tranqüilo com o trabalho que foi desenvolvido nos últimos meses que esteve à frente do órgão. “Estou tranqüilo. Sei que deverei ter o mandato cassado, mas fiz um bom trabalho. Vejo como uma questão política. A forma como estou saindo, sem motivo, mostra isso”, declarou.

O ex-ministro assumiu o cargo devido à relação política com o ex-presidente Michel Temer (MDB). Com o episódio da prisão do ex-presidente, a pressão para que João Henrique saísse do cargo aumentou. 

A destituição dele do cargo é vista como influência direta do ministro da Economia, Paulo Guedes. Nos bastidores a informação é que o ministro deve indicar Carlos Mello para o cargo.