Cidadeverde.com

Wilson Martins e deputados do PSB fazem acordo de saírem juntos do partido

Foto:WilsonFilho/CidadeVerde.com

A saída do ex-governador Wilson Martins  da presidência do PSB é vista como uma questão de tempo.  O acordo no diretório do partido, no Piauí, é que Wilson e os deputados da sigla sigam juntos para uma nova legenda.

Além dele, o deputado federal, Átila Lira, o deputado estadual, Gustavo Neiva, e o ex-deputado, Rodrigo Martins, negociam a filiação a uma nova sigla. Eles conversam com outras siglas de oposição ao governo de Wellington Dias (PT) como o PSDB e o DEM. 

No caso dos deputados Átila Lira e Gustavo Neiva a mudança de partido deve ocorrer apenas com a abertura da janela política para os parlamentares. Sem mandatos, Wilson e Rodrigo Martins devem participar da eleição municipal de 2020 já em uma nova sigla. 

“A idéia é que o grupo siga unido. Sempre tivemos um bom relacionamento. Todas as nossas decisões precisam ser tomadas em conjunto. Conversamos nesse sentindo. Que se ficarmos ou sairmos, vamos seguir unidos. Temos convites de alguns partidos. Manteremos o diálogo. Mas sempre à frente teremos o governador Wilson Martins”, diz Gustavo Neiva. 

A mudança de partido se deve a divergências de posições políticas entre o diretório do Piauí e o nacional. No cenário nacional, o PSB apóia o PT. No Piauí, o grupo do partido faz oposição ao governador Wellington Dias.