Cidadeverde.com

Stanley Freire faz críticas ao governo e se posiciona na oposição

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

O suplente de vereador Stanley Freire assumiu o mandato na Câmara na semana passada. Na manhã desta quinta-feira  (11), ele fez o primeiro discurso na Casa com críticas ao governo de Wellington Dias ( PT).

O vereador fez parte do governo e antes da eleição de 2018 foi coordenador de Psicultura. Ele foi indicado a pasta após acordo entre o ex-deputado federal Silas Freire, pai do vereador, e o governador Wellington Dias.

Fora da base, Stanley criticou a gestão da saúde do Estado. Ele afirma que pacientes renais correm risco de morte por falta de medicamentos. Segundo o parlamentar,  a falta de medicamentos se deve a problemas burocráticos na licitação.

"Será que o governador vai esperar alguém morrer para fazer alguma coisa? Temos o caso de uma pessoa que se encontra na cadeira de rodas por falta de medicação", declarou.

O grupo político de Stanley rompeu com o governador e apoiou o ex-deputado Dr. Pessoa na disputa pelo governo do Estado. Ele assumiu a vaga na Câmara após aproximação política entre Silas Freire e o prefeito Firmino Filho (PSDB).

Em reposta às críticas, o vereador Dudu (PT) entrou em contato com o secretário de Saúde, Florentino Neto. De acordo com o secretário, faltam três medicamentos. Segundo ele, o estado trabalha para resolver o impasse no processo de licitação.