Cidadeverde.com

PT desiste de disputar CCJ: “Não faremos cavalo de batalha”

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

O deputado Franzé Silva (PT) falou sobre a polêmica com relação à presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele afirma que o partido não fará “cavalo de batalha” pelo cargo, que deve continuar com o Progressistas. 

Franzé afirma que o partido trabalha para manter a harmonia na Casa e na base aliada do governador Wellington Dias (PT). Ele diz que a decisão do partido tem como objetivo manter a harmonia na Casa.

O PT queria que a escolha do presidente que vai substituir Wilson Brandão, levasse em consideração o tamanho da bancada. Com a convocação dos suplentes o PT passou a ter a maior bancada na Assembleia com oito deputados. 

Com a desistência do PT, o deputado Júlio Arcoverde (Progressistas) deve assumir a presidência nesta quarta-feira (15).