Cidadeverde.com

Vereador Jeová Alencar acusa secretário Kleber Montezzuma de truculência

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

Que o presidente da Câmara de Teresina, vereador Jeová Alencar (PSDB), há muito tempo não é aliado do prefeito, Firmino Filho (PSDB), isso não é novidade para ninguém. Mas o que tem chamado atenção é a oposição mais dura que ele começa a assumir na Câmara.

Jeová evitava confronto com o prefeito e por diversas vezes chegou a evitar declarações mais duras contra a gestão do tucano. Mas isso chegou ao fim, na sessão da Câmara desta quarta-feira (10), Jeová fez discurso contra o prefeito e criticou a aprovação de lei que muda o Estatuto dos Professores.

O tucano que se encontra de mudança para o MDB soltou o verbo contra o secretário de Educação, Kléber Montezzuma. Segundo ele,  o secretário é “truculento”.

“É um secretário truculento. O professor Washington  foi um dos melhores secretários de Educação e não era uma pessoa bruta. Não adianta essa história de dizer que não é político. Todos sabem que na eleição passada  emparedou diretores e professores para que pudesse engrenar em uma candidatura de deputado. Tudo isso mostra quem é esse secretário”, destacou. 

A reação de Jeová se deve a mudança na lei. A partir de agora, professores que participarem de assembléias durante horário de aula, receberão falta.  Por lei, a categoria tinha direito a participar de seis audiências sem falta. 

A coluna tentou entrar em contato com o secretário, mas não obteve resposta até o momento. O espaço está aberto para que o secretário possa se manifestar.