Cidadeverde.com

Inácio Carvalho vai destinar R$ 1 milhão de reais em emendas para a saúde

O vereador Inácio Carvalho (Progressistas) destinou todo o valor de suas emendas deste exercício e de exercícios anteriores, que ainda não foram executadas, para a área da saúde. Os recursos devem ser utilizados no combate ao coronavírus. 

Segundo o vereador, há emendas não executadas cuja  soma pode chegar a R$ 1 milhão. “Esta é uma solução de curto prazo para garantir recursos para a saúde em um momento como esse. Há uma pandemia de coronavírus que precisa ser combatida e esta é uma forma de ajudar”.

No dia 20 deste mês o prefeito Firmino Filho assinou decreto que institui o estado de calamidade pública em Teresina. Com isso, as emendas podem ser destinadas totalmente para a saúde.

Em sessão por videoconferência, Câmara aprova bonificação para agentes de saúde

Foto: Reprodução

A Câmara de Teresina realizou nesta quarta-feira (25) a primeira sessão virtual do Legislativo Municipal. A medida faz parte das ações de isolamento para contenção da pandemia do novo coronavírus. Até determinação das autoridades, os vereadores continuaram evitando reuniões presenciais e o contato físico. 

Na sessão, eles aprovaram alguns projetos como a autorização para que a Prefeitura de Teresina   pague uma bonificação aos Agentes Comunitários de Saúde, vinculados à Equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF).  De acordo com a proposta, os agentes receberão uma bonificação no valor de R$ 100. 

O presidente da Casa vereador Jeová Alencar, defendeu a necessidade das medidas de isolamento. “Precisamos manter o isolamento. A Câmara faz sua parte e, mesmo assim, continua trabalhando por meio da tecnologia. As matérias de interesse da população seguiram sendo votadas”, afirmou.

Alguns vereadores, como o presidente Jeová Alencar, estão destinando emendas para o combate ao coronavírus. Jeová destinou R$ 300 mil para a Fundação Municipal de Saúde. O recurso deve ser utilizado para compra de equipamentos necessários no tratamento dos doentes. 

“Desastroso e irresponsável”, diz senador Ciro Nogueira sobre pronunciamento de Bolsonaro

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, classificou como “desastroso” o discurso do presidente Jair Bolsonaro,  sobre o coronavírus. Em entrevista à coluna, Ciro defendeu que os governadores do país mantenham as medidas de isolamento social. 

No pronunciamento, Bolsonaro chegou a comparar o coronavírus a uma “gripizinha”. “Foi um discurso desastroso. As medidas de isolamento são necessárias. Basta olhar o que tem acontecido com os países que não as seguiram. Não temos outra saída.  Foi totalmente, descabido e até certo ponto irresponsável esse pronunciamento do presidente”, afirmou.

O Progressistas  é hoje a terceira maior bancada da Câmara de Deputados. Chama atenção as declarações do líder de um importante partido do OCngresso Nacional.

Elmano Férrer diz ter 11 assinaturas para apresentar PEC que cancela eleições

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com


O senador Elmano Férrer (Podemos) reagiu às críticas contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que pede o adiamento das eleições para 2022. Elmano nega ser oportunismo e afirma que já conseguiu 11 assinaturas das 27 necessárias, para apresentar a PEC. 

Em época de isolamento, sem sessões presenciais no Congresso, Elmano afirma que tem feito uma veredeira operação para entrar em contato com os parlamentares. 

“Já recebemos o apoio de 11 parlamentares. Como não estamos nos encontrando presencialmente, é um trabalho para conseguir localizar os parlamentares. Estava tendo a ajudando apenas do chefe do meu gabinete. Agora mais duas pessoas estão ajudando nisso. Na medida em que conseguimos o contato, vamos recebendo o apoio. Não existe oportunismo. Mas uma preocupação com o país. O Brasil não tem condições de realizar uma eleição. O recurso do fundo eleitoral será de grande valia no combate ao vírus”, afirmou. 

Câmara de Teresina adota sessões virtuais em meio a pandemia do coronavírus

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A Câmara de Teresina realiza amanhã (24) a primeira sessão por meio de videoconferência. Os  trabalhos parlamentares continuam, mas os  vereadores ficarão de casa. As votações serão virtuais.

O presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar, afirma que esta é uma medida de segurança. “Não podemos permitir aglomerações. Cada vereador fica em casa e participa do plenário virtual”, afirma. 

Diante dos casos de coronavírus, o vereador Jeová Alencar destinou o valor de R$ 300 mil em emendas parlamentares. O recurso será destinado à Fundação Municipal de Saúde  e será utilizado na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). 

 

Flávio Júnior destina R$ 350 mil das emendas para EPIs e entidade de idosos

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O deputado estadual Flávio Nogueira Júnior destinou R$ 350 mil de suas emendas individuais para serem alocadas para o combate a doença.
De acordo com o parlamentar, serão R$ 150 mil para que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) possa adquirir Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais que atuam no combate a doença.

 “Nesse momento, os nossos profissionais de saúde também precisam de proteção. Sabemos da dificuldade de adquirir os equipamentos de proteção individual, por isso, mais do que nunca, esses recursos serão uteis. Precisamos resguardar aqueles que estão arriscando suas vidas por nós”, destacou.

Sem festa, vereadores se filiam ao PSDB e reforçam meta do partido para as eleições 2020

Foto: Ascom/Parlamentar

Devido a pandemia do coronavírus, o PSDB realizou a filiação de alguns vereadores. Porém, sem festa. 

Se filiaram ao partido os vereadores Venâncio, Ítalo Barros, Gustavo de Carvalho. A sigla também recebeu a presença do presidente municipal do PSDB, vereador Edson Melo. A meta do PSDB é eleger sete vereadores em outubro. 

A janela para a troca partidária será fechada no dia 03 de abril. 

 

Deputada defende que dinheiro de fundo eleitoral seja usado para combater a pandemia

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A deputada federal, Iracema Portella (Progressistas), defende a destinação do Fundo Eleitoral, no valor de R$ 2 bilhões, e também, dos recursos que seriam gastos no dia da eleição,  para ações de combate ao coronavírus no país. 

"Diante da gravidade da situação, não é justo nem razoável que se gaste dinheiro com campanha e com eleições. Acho que é perfeitamente viável adiar e fazer em 2022", afirmou Iracema.

A parlamentar acompanha o posicionamento do senador Ciro Nogueira, que também, defende o adiamento das eleições deste ano.
De acordo com Iracema Portella, a Justiça Eleitoral recebe recursos da ordem de R$ 8 bilhões por ano e metade desse dinheiro também poderia ser doado para a saúde.
Somando tudo, seriam mais R$ 8 bilhões aplicados no combate ao Covid 19. 

Em sessão virtual, deputados estaduais votarão matérias de combate ao coronavírus

A Assembleia Legislativa do Estado do Piauí realizará nesta segunda-feira (23) a primeira sessão virtual como forma de evitar aglomerações na Casa. Serão apreciadas três matérias, duas dela  relacionadas ao combate do coronavírus.  

Uma das mensagens visa reduzir de encargos Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS) em produtos de prevenção à transmissão do novo coronavírus (COVID-19), como álcool em gel, álcool 70%, luvas, máscaras e hipoclorito de sódio. A outra mensagem é a que implementa o auxílio-alimentação para os servidores do Estado, que já estava pronta para apreciação em plenário.

A outra mensagem é a do Projeto de Decreto Legislativo n°11/2020, originado da Mensagem n° 13 de 19 de março de 2020, que reconhece a situação de calamidade decretada pelo governador Wellington Dias no enfrentamento da Covid-19.  

A sessão virtual será aberta pela presidente, Themístocles Filho (MDB), o deputado Marden Menezes (PSDB) fará a leitura das mensagens. Após isso a sessão, que é extraordinária, será suspensa e uma reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) será aberta para que os deputados analisem as mensagens, que logo depois voltam ao plenário virtual para serem aprovadas.

O presidente da Casa, deputado Themístocles Filho,  participou de uma videoconferência com o governador Wellington Dias (PT). O chefe do executivo estadual reforçou a necessidade de aprovação das medidas. 

JVC pede que aliados esperem fim de pandemia para que PTB possa tomar uma decisão

Foto: Arquivo/CidadeVerde.com

O presidente do PTB do Piauí, ex-senador João Vicente Claudino, pediu que os aliados tenham paciência e esperem o fim da pandemia do coronavírus, para definições políticas. O PL aguarda uma resposta do PTB com relação ao apoio do partido à pré-campanha do deputado Fábio Abreu a prefeito de Teresina. 

João Vicente foi convidado para indicar o vice na chapa de Abreu. Porém, ele se encontra em isolamento. Conversas políticas, só se forem por telefone. 

Posts anteriores