Cidadeverde.com

Diálogo entre João Vicente e o governador deixa tucanos em alerta

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

A reaproximação política entre o presidente do PTB no Piauí, ex-senador João Vicente Claudino, e o governador, Wellington Dias (PT), tem sido acompanhada com interesse pelas lideranças do PSDB de Teresina. Os tucanos, que já chegaram a convidar o ex-senador para ser candidato a prefeito pela sigla, esperam contar 
com o apoio do PTB para o candidato do prefeito Firmino Filho (PSDB).

Por isso, repercute no Palácio da Cidade a reaproximação entre ele e o governador. Os tucanos temeriam qualquer 
tipo de aliança entre o PT e o PTB para o pleito de 2020. 

Segundo informações de bastidores, o Karnak estaria trabalhando para levar João Vicente para a oposição a Firmino Filho. Ele pode compor chapa com o PT ou mesmo com o PL, que trabalha a pré-candidatura do secretário de Segurança, Fábio Abreu, a prefeito. Nos dois casos, oposição a Firmino. 

A eleição de 2022 também estaria envolvida na disputa. O nome de João Vicente é cotado para ser candidato no pleito estadual seja para uma vaga no Senado ou a governador. 

Senador Marcelo Castro se reúne com Major Paulo Roberto e convida o vereador para se filiar ao MDB

Foto:LídiaBrito/CidadeVerde.com

O vereador Major Paulo Roberto (sem partido) se reuniu na manhã desta segunda-feira com o presidente estadual do MDB, senador Marcelo Castro. O encontro foi na residência do parlamentar federal, em Teresina, e contou com a presença do vereador Luiz Lobão.
 
A reunião com Marcelo Castro ocorre dias depois do vereador ter se reunido com o prefeito, Firmino Filho (PSDB). O vereador foi expulso recentemente do Solidariedade e agora busca um novo partido político para disputar à reeleição em 2020.

"O Major Paulo Roberto é um grande parlamentar que tem um serviço prestado em Teresina. Tem um serviço social prestado a nossa sociedade. É meu amigo e já votou em mim algumas vezes. Tenho muito respeito e consideração. Ele e muitos outros estão sendo convidados para se filiarem ao MDB. Aqueles que quiserem contribuir com o fortalecimento do nosso partido, que forem lideranças autênticas, com votações expressivas, não tenha dúvida que o MDB está de portas abertas. Tem vaga para ele (Major) no MDB”, afirmou Marcelo.

Major Paulo Roberto afirma que conversa com três partidos. Ele diz que pode tomar a decisão em 15 dias. “O senador é um amigo nosso. Votamos nele para senador e fazemos uma visita e estamos aqui para conversar. O que vai pesar é estudo. Vamos devagar. Temos tempo. Vamos ouvir o MDB para saber qual o caminho que vamos seguir no rumo político. Estamos conversando como o MDB, PSDB e PRB. Vamos aguardar. Os três partidos mostraram interesse na nossa candidatura e vamos aguardar com meu grupo para saber qual o melhor caminho para tomar.  Posso tomar a decisão em 10 a 15 dias”, destacou. 

ELEIÇÃO MAJORITÁRIA

Marcelo Castro defende que o MDB continue avaliando o desempenho dos outros pré-candidatos do partido como o vereador, Luiz Lobão, e o deputado estadual, Henrique Pires. 

“Estamos com alguns nomes colocados para disputar a Prefeitura de Teresina. Com todo respeito a todos, o nome que mais se destaca no momento é o Dr. Pessoa. Evidentemente que como presidente do partido não posso antecipar. É um direito legítimo do vereador Luiz Lobão que é uma grande liderança em Teresina. Ele  já foi secretário de Saúde, foi presidente da Câmara Municipal, é médico conceituado. Uma pessoa de muita capacidade e coloca o seu nome à disposição do partido.
 O Henrique Pires que é um recém-eleito deputado, foi presidente nacional da Funasa, tem experiência administrativa, é um novo e grande quadro do partido. Ele também se colocar à disposição do partido. E o deputado Themístocles Filho , que nunca colocou o nome, mas eu sempre coloco pela expressividade de sua lideranças. Ele foi vereador e em todas as eleições de deputado sempre teve votação expressiva em Teresina. Então é um nome que na hora da necessidade o partido pode lançar. Evidentemente sabemos que o partido vai lançar aquele que tiver melhor condições de vitória. No momento quem reúne essas condições é o Dr. Pessoas. Ele sempre aparece de maneira crescente. O nome do momento é do Dr. Pessoa”, disse.

CHAPA MAJORITÁRIA

Para Marcelo Castro, o vereador Luiz Lobão continua no partido. Ele afirma que o vereador irá reforçar a chapa proporcional da sigla na capital. 

“O Lobão tem o direito de pleitear a vaga dele. Estamos em novembro de 2019. Quando é que o MDB e todos os partidos vão fazer suas convenções e escolher os candidatos? Em julho de 2020. Até lá temos um lapso de tempo muito grande. Se as condições permanecerem como estão, o MDB lançará Dr. Pessoa. E se não estiverem? Mas se não estiverem teremos que ter outra alternativa. O Lobão fica no MDB. Tem vários mandatos pelo partido. É um dos mais importantes do nosso partido”, disse.

Petistas repelem lançamento de vice e nome de Fábio Novo ganha força

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

No Congresso Estadual do PT, que ocorreu no final de semana em Teresina, as principais lideranças do partido rechaçaram a ideia da legenda não ter candidato próprio a prefeito de Teresina. Durante o encontro, o deputado estadual Fábio Novo, ganhou força como o nome mais forte da legenda, no momento, para disputar a prefeitura. Fábio Novo tem conseguido agregar o apoio de lideranças importantes. 

A tese do partido lançar o vice na chapa que terá como candidato a prefeito o secretário de Segurança, Fábio Abreu, foi rejeitada pela legenda. Os principais líderes do PT afirmam que com o fim das coligações proporcionais, o partido precisa ter um candidato próprio.

Alianças só serão discutidas no segundo turno. 

Deputado Assis Carvalho é reeleito presidente do PT do Piauí

Foto: Ascom/AssisCarvalho

O deputado federal Assis Carvalho foi reeleito, por unanimidade, presidente do PT Piauí. Por acordo, o vereador Dudu Borges, retirou o nome dele da disputa. E Assis, que tinha a ampla maioria de delegados eleitos, foi aclamado. A votação aconteceu na abertura do  7° Congresso do PT - Lula Livre - etapa estadual Piauí, que acontece, em Teresina, que se encerra neste sábado sábado (26), reunindo 300 delegados de diversos municípios do Piauí. A posse acontece em janeiro de 2020.

Participaram do encontro a governadora em exercício, Regina Sousa, que representou o governador Wellington Dias, que viajou para representar os governos do Nordeste no Sínodo da Amazônia, no Vaticano. A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hofmann, e o vice-presidente,  Paulo Teixeira, estiveram na capital no encontro. 

"Agora é continuar o trabalho de fortalecimento do partido visando as eleições municipais. Nosso trabalho não é só em Teresina, mas em todos os municípios onde o PT pretende ter candidatos. NOssa meta é crescer o número de prefeitos", destacou. 

Pedido de CPI para investigar manchas de óleo em praias divide bancada do Piauí

Foto:Ascom/CiroNogueira

O deputado federal, João Campo (PSB/PE), protocolou o pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar as manchas de óleo nas praias da região Nordeste. Nas contas do parlamentar, o pedido de CPI já conseguiu assinaturas de 250 nomes. Eram necessários apenas 171 para a abertura.

Os responsáveis pelo desastre ambiental ainda não foram identificados. O governo trabalha com a suspeita de que seria um navio da Venezuela, que estaria derramando o óleo. A demora do Governo Federal em enviar apoio para a limpeza das praias foi criticada por líderes Nordestinos como o governador Wellington Dias (PT). 

Na bancada do Piauí, a proposta dividiu opiniões. A CPI teve o apoio de parte da bancada. Entre os que não assinaram alguns argumentam que não estavam em Brasília, mas que na próxima semana devem manifestar apoio à proposta. 

O deputado Marco Aurélio (MDB) afirma que não assinou porque ainda não teve acesso a lista. “Além de procurar os culpados é preciso que a CPI também apresente soluções para o problema”, disse o deputado.

“Não assinei. Não vejo motivos para uma CPI neste momento. A Marinha e a Petrobras já identificaram que o óleo vem da Venezuela”, afirma o deputado  Átila Lira.

A assessoria do deputado Júlio César também informou que o parlamentar ainda não assinou, mas que na próxima semana estará, em Brasília, e deve manifestar apoio. 

O deputado Assis Carvalho (PT) assinou o documento e disse que o governo tem tratado o assunto com factoides. “Temos um governo que está desmontando o Brasil. Não há um plano para apresentar uma solução ao problema. Eles estão criando factoides. Quem era para resolver criar mentiras. Eles dizem que veio da Venezuela. Mentira. Como veio da Venezuela e não atingiu a Amazônia. A situação é grave e o governo se mostra sem interesse de resolver”, afirmou. 

Veja como se posicionam os parlamentares piauienses:

Não assinou:
Deputado Flávio Nogueira (PDT)
Átila Lira (Progressistas)


Não assinou, porém irá apoiar:
Marco Aurélio (MDB)
Rejane Dias (PT)
Júlio César (PSD)

Assinou:
Iracema Portella (Progressistas)
Assis Carvalho (PT)
Dr. Marina (Solidariedade)
Margarete Coelho (Progressistas) e fará parte da comissão 

Vereador Major Paulo Roberto tem encontro com Firmino Filho

Foto:YasmimCunha/CidadeVerde.com 

O vereador Major Paulo Roberto confirma encontro com o prefeito Firmino Filho ( PSDB) na quarta-feira (23). O encontro ocorreu no Palácio da Cidade antes do prefeito viajar para São Paulo.

"Foi um encontro amigável. Não temos nenhuma mágoa do prefeito Firmino Filho. Pedi 10 dias para definir o meu futuro político. As conversas continuam", destacou.

Apesar do encontro com o prefeito, Major afirma que conversa com  outras legendas como o MDB. Ele terá uma reunião com o presidente estadual da sigla, senador Marcelo Castro. 

"Estamos conversando. Como fui expulso do Solidariedade tenho calma par escolher. Devo conversar com Marcelo Castro também nos próximos dias", afirmou.

Gleisi Hoffmann participa de encontro do PT em Teresina para discutir 2020

Foto:YalaSena/CidadeVerde.com 

O deputado federal, Assis Carvalho, reassume a presidência estadual PT. O partido realiza hoje o 7º encontro estadual. Na pauta, a legenda irá discutir assuntos para a preparação para as eleições municipais de 2020. 

O evento no Piauí terá a presença da presidente nacional da sigla, a deputada federal Gleisi Hoffmann. O Congresso irá reunir 300 delegados eleitos em setembro durante Processo de Eleição Direta (PED). 

“É hora de fortalecer o partido para 2020. Isso é feito com a análise do cenário político e econômico do nosso país. Vamos discutir assuntos como o Lula Livre”, disse Assis. 

PT espera resultado de pesquisa encomendada para definir candidatura do partido

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

Deve sair nos próximos dias o resultado de uma pesquisa encomendada pelo Partido dos Trabalhadores. Os números da pesquisa irão ajudar o partido a chegar um consenso sobre o nome que irá representar a legenda na disputa pela Prefeitura de Teresina em 2020.

O deputado Franzé Silva, que disputa a indicação com Fábio Novo e Júnior do MP3, afirma que independente do resultado da pesquisa, não será obstáculo para o consenso. 

“Não temos dificuldades de criar um entendimento, principalmente, eu que sempre trabalhei pela questão do consenso dentro do PT. Vamos esperar uma pesquisa que vai sair. Não tenho nenhuma dificuldade de colocar meu nome a favor do Júnior ou do Fábio Novo. Espero que a recíproca seja verdadeira. Precisamos ter um partido unido com a boa proposta para Teresina”, destacou. 

Osmar Júnior afirma que PCdoB tem interesse em indicar vice do PT

Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O secretário de Governo, Osmar Júnior, confirmou o interesse do  PCdoB indicar um nome para compor chapa com o Partido dos Trabalhadores em Teresina. Os comunistas trabalham para indicar o vice na chapa do candidato do PT.

 “Claro que sim (temos interesse). Temos toda a abertura para discutir, não é descartado”, afirma o presidente da legenda no Piauí, o secretário de Governo Osmar Júnior. Essa é uma questão que ainda está em aberto, ainda estamos analisando, dialogamos sempre com o Partido dos Trabalhadores, mas ainda não há um caminho traçado para a disputa majoritária do PCdoB, que está cuidando com todo afinco da disputa majoritária”, explicou.

 

Graça Amorim manda recado para insatisfeitos: “Tenho o apoio do prefeito”

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A líder do prefeito na Câmara de Teresina, Graça Amorim, se manifestou sobre as insatisfações que alguns parlamentares manifestam, nos bastidores, com relação à condução da base. Graça é critica pela postura dura com que trata os demais parlamentares.

As reclamações aumentaram após ele pedir o corte do ponto dos vereadores da base que estão faltando às sessões. 

A líder negou a crise e mandou um recado para os insatisfeitos. Ela diz ter o apoio do prefeito Firmino Filho (PSDB) para continuar o trabalho na liderança. Ela também acusa a oposição de tentar criar factoides. 

“Não existe crise. Não tem o que pacificar.  Existem interpretações equivocadas. Às vezes até provocadas por membros da oposição. Nunca tivemos problemas de votação de projetos e nem dificuldades na base. Entramos em um período de turbulência eleitoral. Alguns ficam plantando ideias e tentam fazer uma provocação. Tenho quatro mandatos nesta Casa, mas com reconhecimento de muita prestação de serviço. Estou na liderança do prefeito porque o prefeito confia no trabalho que faço nesta Casa. Tenho o apoio do prefeito. Com certeza não há turbulência. Na questão da frequência, fizemos uma provocação para que alguns vereadores acordem e   venham trabalhar. O povo acompanha o nosso trabalho e na nossa presença.”, afirmou.

 

Posts anteriores