Cidadeverde.com

Progressistas entra na disputa pela secretaria de Saúde com PT

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O Progressistas quer um espaço maior na composição do novo secretariado. O partido ocupa hoje o Detran e a Setrans.

Agora a legenda entra na disputa com o Partido dos Trabalhadores, legenda do governador, pela Secretaria de Saúde.

O deputado Hélio Isaias afirma que o Progressistas merece um espaço maior. Ele lembra que agora o partido tem cinco deputados. Bem maior do que a bancada que ocupava em 2014 com um parlamentar.

"Queremos manter os espaços que ja temos e aumentar a bancada. Esse Espaço maior pode ser a Saúde. Tem outras pastas de espacos maiores. Tem a educacao. Mas quem vai decidir é o nosso presidente, senador Ciro Nogueira", afirmou.

 

 

Sem convite de Evaldo, Major Paulo Roberto vai a evento do Solidariedade

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A presença do  vereador Major Paulo Roberto na convenção do Solidariedade surpreendeu o grupo ligado ao deputado estadual, Evaldo Gomes, que assume a presidência da sigla. A relação entre os dois não é  das melhores e o deputado chegou a dizer que o partido não teria interesse na manutenção  do vereador na sigla.

Antes da convenção, Major Paulo Roberto chegou a afirmar que não iria para o evento. Porém, ao ser convidado por lideranças ligadas ao antigo grupo que comandava a legenda, ele decidiu ir ao evento.

Major afirma que não recebeu convite de Evaldo Gomes, mas que tem o direito de comparecer já que faz parte do quadros. Segundo ele, as desavenças com Evaldo seriam motivadas por disputas no comando da Cmei. 

"Só se for uma questão política ainda da época da Cmei. Não tenho nada contra o Evaldo. Sou o vereador do partido e muito bem votado.  Tenho o direito de participar", disse.

Sobre o futuro partidário, o vereador diz que vai esperar a janela política. "Eu vou esperar a janela política. Recebemos convites de partidos ocmo o PSDB. O momento de sair não é agora", afirmou.

Georgiano Neto descarta acordo com Firmino Filho e mantém pré-candidatura

Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com 

O encontro entre o prefeito Firmino Filho (PSDB) e o presidente do PSD do Piauí, deputado federal Júlio César, levantou discussão sobre a possibilidade do partido retornar à base aliada do prefeito. Questionado sobre essa possibilidade, o deputado  estadual Georgiano Neto (PSD) descarta possível acordo com o tucano e diz manter a pré-candidatura a prefeito.

Georgiano, que é filho do deputado Júlio César, afirma que não sabia do encontro. Ele diz que não foi tratado sobre a possibilidade dele e do prefeito se encontrarem posteriormente para um possível acordo. 

Para a coluna, o deputado afirma que trabalha para manter a oposição ao prefeito Firmino Filho unida. “Não estive presente e não houve convite para conversar comigo. Nosso trabalho é de oposição ao Palácio da Cidade. E vamos trabalhar para viabilizar uma candidatura própria e estamos conversando com os partidos que fazem parte da oposição a atual gestão. O trabalho é para que unir visando as eleições de 2020”, declarou.

Missão de Luciano Nunes no PSDB será trazer Sílvio Mendes para a sigla

Foto:Ascom

O ex-deputado Luciano Nunes se mantém na presidência estadual do PSDB. A novidade é que o prefeito de Teresina, Firmino Filho, assumirá a vice-presidência da legenda.

O nome de Firmino chegou a ser cotado para assumir a presidência, mas devido à rejeição de lideranças da sigla, Luciano conseguiu apoio para se manter no cargo. A convenção estadual do partido, que irá homologar a nova direção, ocorrerá no dia 04 de maio.

Na direção do PSDB Luciano Nunes terá como uma das principais missões, concretizar as negociações para a volta de Sílvio Mendes para a sigla. O ex-prefeito é cotado para ser o nome do PSDB a prefeito de Teresina em 2020. 

Joaquim do arroz anuncia desfiliação do PRP por diferenças com Firmino

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O vereador Joaquim do Arroz anunciou a desfiliação do PRP.  O partido passou a se chamar Patriota e se mantêm na base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB). 

Joaquim afirma que por ser oposição não teria mais sentido continuar no partido. "O PRP é da base do prefeito Firmino Filho. Eu sou oposição, não faz sentido ficar em um  partido que faz parte da base. Vamos continuar na oposição", destacou.

O caminho do vereador pode ir para o MDB. O partido é oposição ao prefeito Firmino Filho.

"O MDB  é um grande  partido. Tenho Prima relação com o Jeová Alencar e com o deputado José  Santana. Podemos sim. Não tem nada definido", destacou.

Deputado Wilson Brandão é cotado para assumir Secretaria de Cultura

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

A Secretaria de Cultura pode passar do comando do PT para o Progressistas. O deputado Wilson Brandão é cotado para assumir o cargo que hoje  é da cota do deputado Fábio Novo, que era secretário, mas se afastou para concorrer à reeleição na eleição de 2018.

A indicação também é vista como uma espécie de compensação pelo episódio da eleição para o novo presidente da Assembleia Legislativa do Estado. Wilson esperava ter o apoio do governador para assumir a presidência da Casa.  No final, Themístocles Filho (MDB)  se reelegeu.

Esse acordo seria pessoal entre o deputado e o governador, já que o Progressistas está insatisfeito porque a Cultura não seria interessante para o partido que opta por pastas mais expressivas. 

O Progressistas também negociam a indicação de nomes para as pastas como Detran, Setrans, Defesa Civil e Coordenadoria de Irrigação. O governador Wellington Dias (PT) deve definir as pastas em conversa com o presidente nacional da sigla, senador Ciro Nogueira. 

 

Teresa Britto nega que aproximação com Themístocles a afaste de Firmino

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

A presidente do PV do Piauí, deputada Teresina Britto, afirma que estariam tentando prejudicar a relação dela com o prefeito Firmino Filho (PSDB). A parlamentar diz serem plantadas as informações de que o partido estaria saindo da base aliada do prefeito  tucano.

As especulações sobre um possível rompimento tiveram início devido a aproximação da parlamentar com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho (MDB). Firmino e o deputado do MDB são adversários políticos e romperam oficialmente em 2017.

Teresa afirma que o PV continua apoiando o prefeito na Câmara de Teresina. A legenda é representa na Casa pela vereadora Pollyanna Rocha. Ela era suplente e assumiu o cargo  com a saída de Teresa para a Assembleia Legislativa.
 
Themístocles foi um dos principais defensores para que a deputada de primeiro mandato assumisse a presidência da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. O nome dela possuía resistência da bancada governista. 

Ciro Nogueira será reconduzido ao cargo de presidente nacional do Progressistas

Foto: Reprodução/@cironogueiraoficial

O senador Ciro Nogueira deve ser reconduzido ao cargo de presidente nacional do Progressistas nesta quinta-feira (25). Sem chapa adversária até o momento, o parlamentar piauiense assumirá o comando da sigla pela quarta vez, em um mandato de mais dois anos.

O Progressistas é hoje a terceira maior bancada da Câmara Federal. No cenário nacional, Ciro busca uma aproximação do presidente Jair Bolsonaro (PSL). O presidente já foi filiado ao partido, mas deixou o Progressistas pelo PSL depois de não ter o apoio de Ciro para ser candidato a presidente me 2018.

No Piauí, Ciro segue a meta de fortalecer o partido visando às eleições de 2022. O partido vai realizar a filiação de mais prefeitos, atingindo a meta de 100 gestores municipais. O objetivo da legenda é lançar um candidato a governador do Piauí. 

Marden diz que chapa entre Silvio e Dr. Pessoa é uma opção

O deputado Marden Menezes (PSDB) afirma que o PSDB deixou a porta aberta para o ex-deputado Dr.Pessoa. Segundo ele, a possibilidade de uma chapa entre os dois não é descartada. 

"Uma conversa sobre o PSDB. Fui convidado pelo Dr. Sílvio para participará da conversa dele com o Dr. Pessoa. Falamos da sucessão em Teresina. Os dois têm um grande apelo popular. Temos posições políticas parecidas. Deixamos a porta aberta para o dialogo", afirmou.

Marden afirma que as conversas devem continuar. Segundo ele, o partido também avalia outras possibilidades.

"As conversas vão aumentar. Estamos construindo uma estratégia. A porta ficou aberta para o Dr. Pessoa. Pode ser uma das estratégias. No momento existem nomes postos. Os dois São lideranças que são queridas em Teresina. É uma possibilidade como outras. O importante é não deixar de observar a população", destacou.

PT busca unir oposição em Teresina para 2020

A oposição ao prefeito Firmino Filho (PSDB) começa a se definir em Teresina. O PT inicia os diálogos para liderar o bloco de oposição ao tucano. O vereador Dudu conduz os diálogos.

Depois do encontro com o deputado Georgiano Neto (PSD), pré-candidato a prefeito, Dudu terá agora um encontro com o deputado federal e secretário de Segurança, Fábio Abreu (PR).

O objetivo do petista é a criação de uma frente de oposição. O acordo seria que os partidos tenham candidatos no primeiro turno, mas saiam todos unidos na disputa de segundo turno.

A força de oposição será formada por partidos da base aliada do governador Wellington Dias.


 

Posts anteriores