Cidadeverde.com

Podcast "resurge" com o novo "boom"do mercado

Por muito tempo o mercado de publicidade acreditou que o podcast não era uma mídia viável para campanhas de marketing. 

Só que nos últimos tempos isso mudou radicalmente: os podcasts estão atraindo cada vez mais empresas dispostas e injetar seu rico dinheirinho no formato. E sem muita surpresa, porque grandes players entraram na brincadeira. No marketing Digital, @rochaerico já adotou o podcast como uma  de suas principais ferramentas. 

Segundo Javier Piñol, diretor do Spotify Studios na América Latina, a empresa estima que em breve 20% de todo consumo de áudio da plataforma será conteúdo não musical. 

"O formato está realmente evoluindo e, enquanto o produto ainda é um negócio relativamente pequeno hoje, vemos um incrível potencial de crescimento" — afirma Piñol.

Por parte do público brasileiro, o podcast é descoberto como um alento para quem lida com uma vida urbana em que falta tempo para dar conta de tudo: 

Segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Podcasters (ABPod) em parceria com a rádio CBN, em 2018, 79% dos ouvintes de podcast no Brasil fazem esse consumo durante trajetos de locomoção, e 68% durante a realização de tarefas domésticas. Entre eles, a média ponderada de consumo diária chega a 2h52min.

Com o áudio, você consome informação enquanto faz alguma atividade física ou manual. Tem gente que fala que gosta deste ou outro podcast porque é o tamanho da louça para lavar, ou do tempo da esteira.

Assim, temos um ecossistema com ouvintes fieis e dispostos e ouvir conteúdo e consumir produtos, grandes grupos de mídia entrando no mercado e trazendo consigo um grande público potencial para outras atrações que não as deles e grandes possibilidade de negócio para todo mundo. Logo, o futuro do podcast será bom para todos.