Cidadeverde.com

Porque registra um domínio logo no início?

Imagine que você resolveu vender bonecos de cera personalizados na Internet. A marca desse produto foi denominado de “Cera Humana”! Você fez um pequeno estoque, criou uma logomarca e correu para abrir uma conta no Instagram. Deu tudo certo e você começou a postar sobre os bonecos de cera e prosperou. Em menos de 7 dias, fez dezenas de vendas.

Então decidiu correr também para o Facebook. Eitaaa! Mas para sua surpresa, o nome que você queria já estava em uso. “Sem problemas”, você pensa, e coloca o nome como “Cerahumana_oficial”.

Por falta de pesquisa, de orientação e de planejamento, você já cometeu uma falha de não verificar a disponibilidade do nome “Cerahumana” em TODAS as redes sociais.

Mas tudo bem, mesmo assim, o Facebook também ajudou a vender e você ficou feliz e pensou em ampliar o negócio com uma loja virtual. Para criar o site chamou seu sobrinho designer (cuidados com os sobrinhos, chame sempre um profissional) e enviou a logomarca para ele juntamente com alguns textos para o layout.

Depois de tudo pronto, layout ok, cartãozinho de visita com o nome da empresa e o endereço do site cerahumana.com.br (claro, porque é o mais lógico) também nos brindes, você entrou no Registro.br para registrar o domínio e….Putz!, esse nome já foi registrado por outra pessoa!

E agora? Quem foi? como assim? Quem roubou meu nome de domínio?

Aí não adianta mais chorar pelo leite derramado. Um segundo erro de deixar um passo tão importante para trás, uma falta de planejamento que pode custar caro.

Se quem registrou o domínio antes de você tem um negócio e usa o domínio porque se encaixa na atividade dele, pode esquecer. Outra possibilidade é que, se o registro tiver sido feito por alguém que viu o seu sucesso (isso ocorre demais) e passou a perna em você para lhe revender o domínio, ainda existe essa chance de recuperar o nome desejado, mas essa negociação será dolorosa e cara, com certeza. Há quem viva só de fazer registro e revender.
 

Moral da história, na hora da criação do nome da sua empresa, da sua marca, da sua ideia, enfim, do seu negócio, é aconselhável verificar antes todas as disponibilidades de nomes nas redes sociais e no Registro.br para que sua comunicação, além de ficar uniforme, não seja furada por um descuido primário.

Mesmo que você não use de imediato um domínio, que planeje para depois a construção do site, faça o registro para se resguardar de surpresas ruins e de problemas futuros. E ainda, dependendo de onde fizer o seu registro, pode usar o serviço de email personalizado com o nome da sua empresa, tipo vendas@cerahumana.com.br. Não seria legal?

Então fica a dica. Registra logo, toma conta do que é seu desde começo da ideia.