Cidadeverde.com

Minimal Chic

O minimalismo está cada vez presente e vem sendo comentado nas rodas do mundo fashionista e também do design e arquitetura.  Muito ligado ao conceito do slow fashion e do consumo consciente, o estilo procura otimizar as peças do guarda-roupa e transformá-lo em algo mais atemporal e versátil.

O nome já diz bastante sobre esse estilo, que leva como “regra” sempre priorizar o básico. O segredo é escolher peças simples que carregam versatilidade, e possam ser usadas várias vezes, apostando em diferentes combinações. É aproveitar todo o potencial do seu armário. 

Quem gosta desse estilo costuma fugir das tendências e aposta em roupas clássicas que possam ser usadas por muito tempo, sem sair de moda. O mesmo conceito pode ser aplicado aos acessórios. Você pode usar tanto um tênis branco, quanto uma bota. O truque é escolher sapatos que possam ser usados com qualquer peça, desde uma saia até a tradicional calça jeans.

Um armário minimalista tem poucas cores e posta em tons mais sóbrios e fáceis de combinar:  branco, preto, cinza, azul-marinho, marrom. Se você gosta de cores, opte por versões mais suaves de rosa, azul, verde, amarelo, entre outros. 

E não pense que por ser minimalista, as estampas devem ficar de fora. Aqui também vale a regra de clássico como listras, poá, geométricas, xadrez, que são padronagens que nunca saem de moda e podem ser usadas em diversas ocasiões. 

Para uma produção fashionista, minimalista e chic, é preciso investir em modelagens básicas que, combinadas com novos tecidos, se tornam inovadoras e essenciais no closet.

Peças de alfaiataria são boas opções para iniciar essa mudança para o minimalismo. Você pode investir em blusas ombro a ombro, t-shirts, camisas, saia midi, pantacourt e calças em sarja e costura marcada, por exemplo para compor um mood clássico e estiloso. O jeans também pode compor looks minismalistas, opte por lavagens que vão do claro ao médio.