Cidadeverde.com

Bahia sai na frente do Ceará na semifinal da Copa do Nordeste

O Bahia saiu na frente nas semifinais da Copa do Nordeste 2018. Na noite desta quinta-feira (21), o tricolor venceu o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), por 1 a 0, e abriu vantagem para seguir na busca pelo bicampeonato do torneio. A TV Cidade Verde transmitiu a partida para todo o Piauí. 

O único gol do jogo saiu aos 17 minutos do segundo tempo, quando Élber recebeu passe de Régis e abriu o placar. 

O gol fora de casa deixa o tricolor com boa vantagem para o jogo de volta, na Fonte Nova, em Salvador (BA). O Bahia jogará pelo empate para garantir vaga na final. Se o Ceará vencer por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. Vitória do Vovô cearense por qualquer outro placar dá a vaga aos visitantes. 

Quem se classificar irá enfrentar Sampaio Corrêa (MA) ou ABC (RN), que jogam na semana que vem em Natal (RN) - jo primeiro jogo, em São Luís, os maranhenses venceram por 1 a 0. 

O jogo de volta acontecerá na terça-feira (26), com transmissão ao vivo da TV Cidade Verde para todo o Piauí, a partir de 21h35.

Voto do Brasil para a Copa 2026 gera mal estar internacional. E quase sobra para o Piauí

Divulgação/FFP

Cesarino Oliveira (em pé, ao centro), com Fernando Sarney, Evandro Carvalho
e o Coronel Nunes (sentado) - pivô da polêmica internacional

Ampliada às 11h36

A viagem para a Rússia deveria ser tranquila. Mas surgiu uma treta. E um dirigente do Piauí acabou envolvido indiretamente, mesmo que aparentemente não tenha nada a ver com a história. 

Tudo começou ontem (13), em Moscou, no congresso da Fifa. A reunião escolheu a candidatura conjunta de Estados Unidos, México e Canadá como sede da Copa do Mundo de 2026. 

Havia um acordo para que os países da América do Sul votassem nessa candidatura. Mas o voto do Brasil foi para o Marrocos.

Coronel Nunes, que preside a CBF desde o dia em que a Fifa baniu Marco Polo del Nero para sempre do futebol, afirmou que não votou, passou a bola para um dos delegados. 

Estão na Rússia como delegados os presidentes das federações de Pernambuco, Evandro Carvalho, e do Piauí, Cesarino Oliveira. 

Em reportagem de Fábio Aleixo, Camila Mattoso e Sérgio Rangel para a agência Folhapress, que produz conteúdo sobre o mundial na Rússia para o Cidadeverde.com, Cesarino disse que não votou. E ainda desmentiu Coronel Nunes:

- Ele votou errado. Estávamos alinhados para votar nos EUA, mas ele se enganou.

Ontem, Nunes, 80 anos, havia dito o seguinte:

- Não fui eu que votei. Dei para um de nossos delegados votar. Mas eu votaria mesmo no Marrocos. Ainda não teve Copa do Mundo lá, era uma chance para eles.

E a cartolagem brasileira, que já estava com filme queimado no cenário internacional, parece perder os poucos apoios que teria em uma reaproximação com a Fifa. 

México e Estados Unidos viram o voto do Brasil com estranheza. 

Claudio Tapia, da federação argentina, foi mais duro e falou em traição.

- Nos reunimos e não me parece bem quando um homem se compromete a algo e não cumpre. Sempre que me comprometi, segui a decisão. 

Cesarino Oliveira certamente tinha outros planos quando viajou para a Rússia. Agora, terá de evitar ser usado como bode expiatório dessa confusão internacional. Até porque, é muito fácil por a culpa no "Piauí". 

Fernando Sarney, que é vice-presidente da CBF, já saiu dessa. Nesta quarta-feira (14), se juntou aos países vizinhos e criticou o voto de Nunes. 

Copa terá nove jogadores que atuam no Brasil, mas apenas três na seleção brasileira

  • martinsilva.jpg Martin Silva, do Vasco
    Paulo Fernandes/Vasco.com.br
  • arrasca.jpg De Arrascaeta, do Cruzeiro
    Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
  • cueva.jpg Cueva, do São Paulo
    Rubens Chiri / saopaulofc.net
  • convocados_br-6.jpg Miguel Trauco, do Flamengo
    Gilvan de Souza / Flamengo
  • convocados_br-5.jpg Paolo Guerrero, do Peru
    Staff Images / Flamengo
  • convocados_br-4.jpg Cássio, do Corinthians
    Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
  • convocados_br-3.jpg Pedro Geromel, do Grêmio
    LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
  • convocados_br-2.jpg Borja, do Palmeiras
    Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
  • convocados_br-1.jpg Fagner, do Corinthians
    Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

FÁBIO LIMA (DA EDITORIA DE ESPORTES)
fabiolima@cidadeverde.com

A lista final de convocados das 32 seleções que estarão na Rússia é mais um reflexo de como estrangeiros estão cada vez mais presentes no futebol brasileiro - e como nossos melhores jogadores atuam menos no Brasil.

Dos 736 atletas inscritos no mundial, nove jogam no Brasil - mas apenas três deles defendem a seleção do país. 

A lista poderia ser maior se Cuéllar, que estava na lista preliminar da Colômbia, tivesse sido convocado. Isso faria do Flamengo o clube brasileiro com maior número de jogadores na Copa - posto que o rubro-negro tem de dividir com o Corinthians.

BRASIL
Cássio (Corinthians)
Fagner (Corinthians)
Pedro Geromel (Grêmio)

COLÔMBIA
Borja (Palmeiras)

PERU
Christian Cueva (São Paulo)
Miguel Trauco (Flamengo)
Paolo Guerrero  (Flamengo)

URUGUAI
De Arrascaeta (Cruzeiro)
Martin Silva (Vasco)

Altos supera ataque de maribondos e vence Nacional (AM) pela Série D

  • altos-nacional-18.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-17.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-16.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-15.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-14.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-13.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-12.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-11.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-10.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-9.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-8.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-7.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-6.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-5.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-4.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-3.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-2.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-nacional-1.jpg Elziney Santos / FFP

DÍDIMO DE CASTRO (EM ALTOS-PI) E FÁBIO LIMA
DA EDITORIA DE ESPORTES

Faltam cinco jogos para o acesso. 

Com três gols em três cobranças de escanteio, o Altos (PI) largou na frente na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (3), o bicampeão piauiense superou o Nacional (AM) por 3 a 0. Agora, o Jacaré pode perder até por dois gols de diferença no jogo de volta que avançará para as oitavas-de-final do torneio. 

Além da repetição dos gols em lances semelhantes, o jogo foi marcado pela invasão de marimbondos na metade do primeiro tempo. A nuvem de insetos forçou jogadores e até a equipe de arbitragem a se jogarem no chão. Em seguida, todos deixaram o campo até que os marimbondos fossem embora. 

Após o incidente, veio o primeiro gol. O lateral direito Tote cobrou escanteio aos 31 minutos. O zagueiro Leone apareceu na grande área e marcou de cabeça. 

Na volta do intervalo, a jogada se repetiu. Aos 3 minutos, Tote no escanteio, Leone cabeceou e acertou a trave. No rebote, Manoel marcou.

E aos 7 minutos, em outro escanteio de Tote, foi a vez do zagueiro Vitor Bafana  mandar para as redes. 

"É uma jogada forte que a gente tem, a bola parada. Fomos felizes em três jogadas fazer três gols, mas não acabou ainda. Sabemos que vai ser um jogo difícil lá", disse Tote, após o jogo, em entrevista para a rádio Pioneira. 

No próximo domingo (10), o Altos jogará em Manaus para garantir a classificação. Se passar de fase, enfrentará nas oitavas-de-final Ferroviário (CE) ou Cordino (MA), que hoje (3) empataram em 3 a 3, em Barra do Corda (MA). 

Os quatro semifinalistas do torneio garantem acesso para a Série C do Brasileirão de 2019. 

Judô: Emerson Silva termina torneio na Áustria em sétimo lugar

Foto: Lara Monsores/CBJ

O judoca piauiense Emerson Silva ficou fora do pódio na Copa Júnior de Judô de Leibnitz, na Áustria. Após as lutas disputadas no último sábado (2), o atleta ficou com a sétima posição no torneio. 

Líder do ranking nacional sub-21 na categoria super ligeiro (até 55kg), Emerson Silva venceu a estreia contra David Gauch, da Suíça. Mas acabou derrotado no confronto seguinte por Rovshan Aliyev, do Azerbaijão - que mais tarde conquistaria a medalha de prata. 

Na repescagem, o atleta de Teresina derrotou Abdusamat Bakyt, do Cazaquistão, mas foi superado em seguida por Rashkhan Bakhishaliev, do Azerbaijão - que depois ficou com uma das medalhas de bronze. 

O resultado nos tatames da Áustria renderam a Emerson Silva mais 60 pontos no ranking nacional. Se permanecer na liderança nos próximos meses, o piauiense deverá representar o Brasil no Pan-Americano Sub-21, em julho, na Argentina, e no Mundial Sub-21, que acontecerá em outubro, nas Bahamas.

Emerson Silva continua na Áustria, onde participará de treinamento de campo internacional. 

Campeonato Brasileiro Sub-18
Em Lauro de Freitas (BA), o Piauí terminou o fim de semana sem medalhas no Campeonato Brasileiro Sub-18, disputado neste fim de semana. O sétimo lugar de Felipe Silva, na categoria meio pesado (até 90kg) foi o melhor resultado da delegação piauiense no torneio. 

Jes Landim sofre gol no fim e perde estreia na Copa do Brasil de Futsal

Com um gol nos últimos segundos de jogo, o Jes Landim foi derrotado pelo Balsas (MA) na estreia das duas equipes na Copa do Brasil de Futsal, ontem (1º), no ginásio do Iate Clube de Teresina (PI): 3 a 2. 

Os piauienses abriram o placar no primeiro tempo, com Ericsson. Na volta do intervalo, os maranhenses empataram com Romildo. Mas o Jes Landim pressionou e ficou em vantagem mais uma vez, com gol de Zé Bandeira. 

O Balsas empatou o jogo com Carlos Henrique, que marcou de calcanhar. 

Após o novo empate, o Jes Landim perdeu várias chances de gol - acertou a trave pelo menos duas vezes. 

No fim, o castigo: depois de cometer a sexta falta, o Jes Landim cedeu tiro livre para o Balsas. Romildo converteu, restando apenas 16 segundos para o término da partida. 

O jogo de volta da Copa do Brasil será na sexta-feira (8), em Balsas (MA). 

Conheça os uniformes das 32 seleções que vão disputar a Copa do Mundo 2018 na Rússia

  • uniformes-1.jpg Colômbia - uniforme 2
    Divulgação
  • uniformes-3.jpg Colômbia - uniforme principal
    Divulgação
  • uniformes-4.jpg Rússia
    Divulgação
  • uniformes-5.jpg Rússia
    Divulgação
  • uniformes-7.jpg Alemanha - uniforme principal
    Divulgação
  • uniformes-8.jpg México
    Divulgação
  • uniformes-9.jpg Bélgica
    Divulgação
  • uniformes-10.jpg Suécia
    Divulgação
  • uniformes-11.jpg México - uniforme principal
    Divulgação
  • uniformes-12.jpg Brasil
    Divulgação
  • uniformes-13.jpg Argentina
    Divulgação
  • uniformes-15.jpg Bélgica
    Divulgação
  • uniformes-16.jpg Colômbia - uniforme principal
    Divulgação
  • uniformes-17.jpg Japão
    Divulgação
  • uniformes-18.jpg Espanha
    Divulgação
  • uniformes-19.jpg Japão
    Divulgação
  • uniformes-20.jpg Brasil
    Divulgação
  • uniformes-21.jpg Alemanha
    Divulgação
  • uniformes-22.jpg Coreia do Sul
    Divulgação
  • uniformes-24.jpg Brasil
    Divulgação
  • uniformes-25.jpg Inglaterra
    Divulgação
  • uniformes-26.jpg Inglaterra
    Divulgação
  • uniformes-27.jpg Argentina
    Divulgação
  • uniformes-28.jpg Argentina
    Divulgação
  • mais-uniformes-1.jpg Portugal
    Divulgação
  • mais-uniformes-2.jpg Nigéria
    Divulgação
  • mais-uniformes-3.jpg Polônia
    Divulgação
  • mais-uniformes-4.jpg Croácia
    Divulgação
  • mais-uniformes-5.jpg Portugal
    Divulgação
  • mais-uniformes-6.jpg Polônia
    Divulgação
  • mais-uniformes-7.jpg Nigéria
    Divulgação
  • mais-uniformes-8.jpg França
    Divulgação
  • mais-uniformes-9.jpg França
    Divulgação
  • mais-uniformes-10.jpg Nigéria
    Divulgação
  • mais-uniformes-11.jpg Arábia Saudita
    Divulgação
  • mais-uniformes-12.jpg Croácia
    Divulgação
  • mais-uniformes-13.jpg Arábia Saudita
    Divulgação
  • mais-uniformes-14.jpg Austrália
    Divulgação
  • mais-uniformes-15.jpg Austrália
    Divulgação
  • mais-uniformes-16.jpg Austrália
    Divulgação
  • mais-uniformes-17.jpg Coreia do Sul
    Divulgação
  • segue_uniformes-1.jpg Uruguai
    Divulgação
  • segue_uniformes-2.jpg Uruguai
    Divulgação
  • segue_uniformes-3.jpg Suíça
    Divulgação
  • segue_uniformes-4.jpg Suíça
    Divulgação
  • segue_uniformes-5.jpg Islândia
    Divulgação
  • segue_uniformes-6.jpg Islândia
    Divulgação
  • ainda_uniformes-1.jpg Costa Rica
    Divulgação
  • ainda_uniformes-2.jpg Costa Rica
    Divulgação
  • ainda_uniformes-3.jpg Panamá
    Divulgação
  • ainda_uniformes-4.jpg Dinamarca
    Divulgação
  • ainda_uniformes-5.jpg Dinamarca
    Divulgação
  • SENEGAL.jpg Senegal
    Divulgação
  • SENEGAL-02.jpg Senegal
    Divulgação
  • SERVIA.jpg Sérvia
    Divulgação
  • SERVIA-2.jpg Sérvia
    Divulgação
  • iran.jpg Irã
    Divulgação
  • morocco.jpg Marrocos
    Divulgação
  • tunisia1.jpg Tunísia
    Divulgação
  • tunisia2.jpg Tunísia - uniforme principal
    Divulgação

Todos os uniformes das 32 seleções que vão disputar a Copa do Mundo na Rússia já foram revelados. Os kits são feitos por oito fabricantes de material esportivo. 

Só a Adidas tem contrato com mais de um terço das seleções. A Nike, que fornece o material esportivo para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), vem em seguida, com 10 equipes. 

Ainda estão na lista marcas pouco conhecidas, como a italiana Erreà, que irá vestir a estreante Islândia. 

ADIDAS (12) - Argentina, Alemanha, Bélgica, Colômbia, México, Suécia, Rússia, Japão, Espanha, Marrocos, Irã e Egito

NIKE (10) - Austrália, Brasil, Croácia, Nigéria, Coreia do Sul, Inglaterra, Portugal, Polônia, França e Arábia Saudita

PUMA (4) - Suíça, Uruguai, Senegal e Sérvia 

NEW BALANCE (2) - Costa Rica e Panamá

UMBRO (1) - Peru 

HUMMEL (1) - Dinamarca 

ERREÀ (1) - Islândia

UHLSPORT (1) - Tunísia

Goleada acaba com chances do Tiradentes no Brasileirão Feminino

O jogo era decisivo. E as meninas do Tiradentes levaram a pior. Bastou uma derrota para o cenário virar de cabeça para baixo. 

Do começo ruim seguido pela reação no Brasileirão Feminino da Série A2, o Tiradentes acabou eliminado com uma rodada de antecedência: derrota por 6 a 1 para o 3B Sports, na noite desta quarta-feira (30), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM). 

Aline, Nágela, Maiara, Juju e Luana Splinder (duas vezes) fizeram para as donas da casa. Eliene descontou para o Tiradentes no início do segundo tempo - quando o time piauiense já perdia por 3 a 0. 

Da terceira posição na tabela e o sonho de uma classificação para as semifinais, o time piauiense caiu para o sexto lugar. 

Na véspera da abertura da Copa do Mundo, dia 13 de junho, o Tiradentes se despede no estádio Albertão, em Teresina (PI), contra o Lusaca (BA). Apesar de não ter mais chances de seguir em busca do acesso para a Série A1, o time teresinense precisa somar pontos para garantir a melhor posição possível no ranking nacional em 2019. 

Sarah Menezes fica fora do Mundial de Judô pela 1ª vez na década

Paulo Pinto/CBJ

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciou, nesta quarta-feira (30), a lista de judocas convocados para o Campeonato Mundial, marcado para setembro, em Baku, no Azerbaijão. A piauiense Sarah Menezes fica fora da lista pela primeira vez desde 2009, quando estreou no torneio. 

A CBJ segue como critério a posição dos brasileiros no ranking mundial. Sarah Menezes ocupa hoje o 35º lugar na lista da categoria ligeiro (-48kg), atrás de Gabriela Chibana, 22ª colocada e convocada para o torneio no Azerbaijão. 

Sarah Menezes segue em fase de transição de categoria. Após a eliminação na repescagem nos Jogos Olímpicos de 2016, a judoca subiu para a categoria meio-leve (-52kg), em 2017. Insatisfeita com seu rendimento, a piauiense decidiu voltar a competir entre as ligeiros. 

No entanto, a pontuação obtida nos últimos meses não foi suficiente para compensar o ano que passou fora da categoria pela qual foi campeã olímpica,  em 2012. 

Convocados - Campeonato Mundial de Judô - Baku 2018
 
Disputas individuais e por equipes: 

Seleção Masculina

Eric Takabatake (60kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Phelipe Pelim (60kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Daniel Cargnin (66kg/Sogipa/FGJ)
Charles Chibana (66kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Eduardo Yudy Santos (81kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Victor Penalber (81kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafael Macedo (90kg/Sogipa/FGJ)
David Moura (+100kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafael Silva (+100/EC Pinheiros/FPJudo)

Seleção Feminina

Gabriela Chibana (48kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Érika Miranda (52kg/Sogipa/FGJ)
Jéssica Pereira (52kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafaela Silva (57kg/Instituto Reação/FJERJ)
Ketleyn Quadros (63kg/Sogipa/FGJ)
Maria Portela (70kg/Sogipa/FGJ)
Mayra Aguiar (78kg/Sogipa/FGJ)
Maria Suelen Altheman (+78kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Beatriz Souza (+78kg/EC Pinheiros/FPJudo)

Convocados apenas para a competição por Equipes Mistas

Marcelo Contini (73kg/EC Pinheiros/FPJudo)
David Lima (73kg/Sogipa/FGJ)
Tamires Crude (57kg/Instituto Reação/FJERJ)

A judoca do Flamengo (RJ) deve seguir os treinamentos no Rio de Janeiro. Fora do mundial, Sarah Menezes também poderá fazer uma cirurgia no antebraço, caso ainda sinta dores de uma lesão sofrida em março. 

Em mundiais sênior, Sarah Menezes conquistou a medalha de bronze por três vezes (2010, 2011 e 2013). Na categoria sub-20, a piauiense foi bicampeã (2008 e 2009). 

Desde a estreia em 2009, com o quinto lugar na Holanda, Sarah Menezes ainda amargou eliminações na estreia em 2014 (Rússia) e 2015 (Cazaquistão), e caiu na segunda luta em 2017 (Hungria). Nos anos olímpicos, 2012 e 2016, não foram realizados mundiais. 

Altos tem seis jogos para o acesso; 4 de Julho torce para voltar pra casa

  • altos-sparta-04.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-sparta-03.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-sparta-02.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-sparta-01.jpg Elziney Santos / FFP
  • altos-sparta-00.jpg Elziney Santos / FFP

O 4 de Julho precisava vencer e torcer por uma derrota do Cordino (MA). O adversário, Interporto, entrou em campo já eliminado e só com três titulares. Mesmo assim, o time de Piripiri ficou no empate. 

O Colorado que tem nomes como Raphael Freitas, Juninho Pindaré e Ted Love na linha de frente, fez apenas três gols em seis jogos. A campanha é prova de que o time não fez por merecer classificação. 

Com a greve dos caminhoneiros, que provoca o bloqueio de estradas e a falta de combustíveis, o time agora torce para voltar para Piripiri em paz - a viagem de ida já sofreu atraso.

O Altos do técnico Oliveira Canindé fez três gols só no primeiro tempo do jogo com o Sparta (TO). Acabou vazado no início da etapa final, mas venceu por 3 a 1. 

O Jacaré segue invicto após a chegada de Canindé, que substituiu Paulinho Kobayashi - demitido após perder para o Moto Club (MA) por 1 a 0, sua única derrota na temporada com o bicampeão piauiense. 

A vaga para a próxima fase veio com a segunda posição do Grupo A5 - o Moto Club ficou com a liderança. 

Na próxima fase, o bicampeão piauiense terá pela frente o Nacional (AM), líder do Grupo A3. Quem passar após os dois jogos irá encará o vencedor de Ferroviário (CE) x Cordino (MA). 

O Altos tem seis jogos, três confrontos de mata-mata, para ser semifinalista da Série D e subir para a Série C. O caminho é curto, mas os adversários são fortes e o Jacaré já viu que a tarefa não será tão simples. 

Posts anteriores