Cidadeverde.com

Renê doa camisa do Flamengo para ajudar Picos na retomada do Campeonato Piauiense

Reprodução/Instagram

A Sociedade Esportiva de Picos lançou uma rifa para bancar as despesas na retomada do Campeonato Piauiense, marcada para novembro. O prêmio será uma camisa do Flamengo autografada pelo lateral esquerdo Renê, ex-jogador da SEP.

Picoense, Renê doou uma camisa autografada por todos os jogadores do Flamengo, e gravou uma mensagem pedindo apoio para o time de sua cidade. 

- Vai ser sorteada aí na cidade de Picos, em prol da Sociedade Esportiva de Picos, que está passando por um momento difícil, e a diretoria está sem apoio e precisando de recursos para terminar o Campeonato Piauiense. Conto com a presença de todos vocês que puderem ajudar nesse momento difícil. 

A cartela da rifa custa R$ 30, e o sorteio será realizado no dia 15 de novembro. 

Vice-líder do Estadual com 20 pontos, a SEP volta a jogar no dia 18 de novembro, fora de casa, com o líder Altos, que tem 21 pontos. Caso permaneçam nessas posições, os dois times decidirão o Campeonato Piauiense em dezembro. 

Além da rifa, Picos anunciou o retorno do técnico Adelmo Soares, que comandava o Zangão em março, quando a pandemia do novo coronavírus forçou a suspensão de todos os torneios esportivos no Piauí. 

 

 

Federação confirma retomada do Campeonato Piauiense para 11 de novembro

Fotos: FFP

Suspenso em março por conta da pandemia do novo coronavírus, o Campeonato Piauiense de futebol será retomado no dia 11 de novembro. 

A data da retomada foi confirmada nesta terça-feira (20), em videoconferência da Federação de Futebol do Piauí (FFP) com dirigentes dos clubes que disputam o torneio. 

O primeiro jogo será entre Piauí e River, partida atrasada da nona rodada que foi agendada para 11 de novembro. O Galo tem outro jogo pendente com o Parnahyba, pela 10ª rodada, mas a data ainda será confirmada - a tabela atualizada deverá ser divulgada na quinta-feira (22). 

Restam quatro rodadas da fase classificatória para serem disputadas. A 11ª, com todos os oito times de volta aos gramados, foi marcada para 18 de novembro. 

A FFP informou que ficou definido que todos os jogos serão disputados na faixa de horário das 16h, independente do dia da semana. As partidas serão sem presença de torcida por conda das restrições impostas pela pandemia. 

Antes da paralisação, o Altos era o líder do torneio, seguido por Picos - e com isso, os dois seriam os finalistas da competição. Piauí e Timon seriam os rebaixados - Fluminense e Tiradentes disputam a Série B, mas já garantiram o acesso para 2021. 

Com Valéria e Maria Alves, seleção feminina inicia treinos em Portugal

  • portimao-feminina-10.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-9.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-8.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-7.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-6.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-5.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-4.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-3.jpg Fotos: Laura Zago/CBF
  • portimao-feminina-2.jpg Fotos: Laura Zago/CBF

A técnica Pia Sundhage comandou, nesta terça-feira (20), o primeiro treino da seleção brasileira feminina em Portimão, Portugal, onde o grupo ficará concentrado até o próximo dia 27. 

É a primeira vez que duas atletas nascidas no Piauí integram a seleção na mesma convocação: as atacantes Maria Alves, da Juventus (Itália), e Valéria, do Madrid (Espanha). 

Pia Sundhage já havia convocado Maria em outras oportunidades. Valéria foi chamada pela primeira vez. 

Essa é a segunda convocação para treinos da seleção feminina desde a retomada das atividades, suspensas por conta da pandemia de covid-19. Na primeira convocação, em setembro, apenas atletas que jogam no Brasil foram chamadas - caso da piauiense Adriana, do Corinthians. 

Em Portugal, o único nome ausente é a craque Marta, que se apresentará na sexta-feira (23).  

Seleção Sub-17

Foto: Mariana Sá/CBF

Enquanto a seleção principal treina em Portimão, a equipe sub-17 deixou a Granja Comary, em Teresópolis (RJ), e agora treina em Pinheiral (RJ). No grupo, está a goleira piauiense Awanny Míria, do Fortaleza (CE). 

Os treinos da seleção sub-17 vão até o dia 31 de outubro, e fazem parte da preparação para o Campeonato Sul-Americano da categoria. 

Em Sergipe, Mesa 14/AABB perde jogo de estreia na Copa do Brasil de Futsal

  • lagarto-aabb-01.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-02.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-03.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-04.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-05.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-06.jpg Foto: Aldo Carvalho
  • lagarto-aabb-07.jpg Foto: Aldo Carvalho

Representante do Piauí na Copa do Brasil de Futsal, o time do Mesa 14/AABB foi derrotado por 3 a 2 pelo Lagarto (SE), na estreia das duas equipes na competição. O jogo aconteceu na tarde deste domingo (18), em Sergipe. 

Hélio e Jonatas marcaram os gols da equipe piauiense, mas Andrezinho, Assis e Deivinho fizeram para os donos da casa, que também garantiram a vitória com as defesas do goleiro Café. 

O jogo de volta será no dia 25, no ginásio do Vale do Gavião, em Teresina. O Mesa 14/AABB precisa vencer por qualquer placar para levar a decisão para a prorrogação. 

Quem passar do contronto entre piauienses e sergipanos irá enfrentar, na próxima fase, o vencedor de Pires Ferreira (CE) e Ceará.

Foi o primeiro jogo de um time piauiense de futsal em competições fora do Piauí desde a suspensão dos torneios pela pandemia do novo coronavírus. Para a partida, o Mesa 14/AABB retomou os treinos em setembro e fez dois jogos antes da viagem para Sergipe. 

River volta a vencer e entra na zona de classificação da Série D

Fotos: Victor Costa/River A.C.

Atualizado às 21h55

O River se reabilitou da derrota para o Altos no fim de semana, e venceu o Santos (AP) por 3 a 1, na tarde desta quarta-feira (14), no estádio Albertão, em Teresina (PI). O jogo foi válido pela sexta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. 

Max abriu o placar para o Galo no primeiro tempo, que cedeu o empate antes do intervalo ao time amapaense - gol de Dedé. Na etapa final, Erivan e Bruninho garantiram a vitória tricolor. 

O resultado recolocou o River na zona de classificação do Grupo 2. O Galo é o terceiro colocado, com 10 pontos, mesmo número do Juventude (MA) que, nesta quarta-feira, derrotou o Sinop (MT) por 2 a 0, fora de casa - os maranhenses ganham dos piauienses no saldo de gols: 7 a 1. 

O líder do grupo é o Altos, que enfrentou o Baré (RR), fora de casa, na noite desta quarta-feira, e acabou derrotado por 2 a 1. O Jacaré tem 12 pontos ganhos e segue na liderança mesmo com o resultado negativo. 

Com novo formato, a Série D do Brasileirão tem 8 grupos, cada um com 8 times que se enfrentam em jogos de ida e volta. Os quatro melhores de cada chave avançam para a fase seguinte. Os semifinalista do torneio garantem acesso para a Série C de 2021. 

De volta ao Brasil, Sarah Menezes treina com a seleção brasileira em São Paulo

Fotos: Lara Monsores/CBJ

De volta ao Brasil após mais de 70 dias de treinos em Portugal, Sarah Menezes mantém a rotina de atividades em Pindamonhangaba (SP), onde a seleção brasileira treinará até o dia 15 de outubro. 

A nova fase de treinos foi iniciada na última segunda-feira (5), após o retorno da delegação que estava na Europa desde julho, quando as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus dificultavam a retomada das atividades de judô no Brasil.

Em Pindamonhangaba, a seleção brasileira ficará concentrada para definição dos atletas que disputarão as primeiras competições na retomada do calendário mundial, suspenso em março pela pandemia. 

Já estão confimados o Grand Slam de Budapeste, na Hungria, entre 23 e 25 de outubro, e o Pan-Americano de Judô, em Guadalajara, no México, de 19 a 29 de novembro. 

Após semanas de treinamentos no tatame, o foco de Sarah Menezes será a busca de pontos no ranking mundial, para melhorar sua posição e se credenciar para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021. 

Valéria volta a ser convocada para a seleção brasileira principal; veja a lista

Foto: Laura Zago/CBF

Atualizada às 12h29

A atacante piauiense Valéria, do Madrid (Espanha), está entre as 24 jogadoras convocadas para a seleção brasileira de futebol feminino. A lista foi divulgada nesta quinta-feira (8).  

Além da jogadora nascida no município de União, a treinadora Pia Sundhage também convocou a meia e atacante Maria Alves, natural de Cristalândia, sul do Piauí, atualmente na Juventus (Itália) e com outras passagens pela seleção brasileira. 

As convocadas passarão por um período de treinos em Portimão, Portugal, entre 19 e 27 de outubro. Não há jogos programados nesse período. 

A lista conta exclusivamente com atletas que atuam nos Estados Unidos, China e países da Europa - ao contrário da convocação feita em setembro, que tinha jogadoras de clubes brasileiros, como a piauiense Adriana, do Corinthians

Chance para Valéria
Com passagens por Tiradentes (PI), Vitória (BA) e São Paulo (SP), Valéria defendeu a seleção feminina na Copa do Mundo Sub-20, em 2018, na França. No ano seguinte, chegou a ser convocada pelo então técnico Vadão para treinos com a seleção principal, mas ficou de fora da Copa do Mundo. 

Depois de Adriana e Maria, Valéria é a terceira jogadora piauiense a entrar no radar de Pia Sundhage na preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecerão no Japão, em 2021. 

No último fim de semana, Valéria fez o gol da vitória do Madrid, na primeira rodada do Campeonato Espanhol, e chorou ao lembrar da família na comemoração.

Confira a lista de convocadas:

Goleiras:

Aline Reis - UD Granadilla Tenerife (Espanha)
Daniele Neuhaus - Benfica (Portugal)
Natascha - Paris FC (França)

Defensoras:

Antonia - Madrid CFF (Espanha)
Kathellen - Internacional de Milão (Itália)
Jucinara - Levante UD (Espanha)
Rafaelle - Changchun Dazhong (China)
Rayanne - Sporting Club Braga (Portugal)

Meio-campistas:

Ana Vitória - Benfica (Portugal)
Andressa Alves - Roma (Itália)
Debinha - North Carolina Courage (EUA)
Formiga - Paris St Germain (França)
Giovanna - Barcelona (Espanha)
Laís Araújo - Apollon Limassol (Chipre)
Luana - Paris St Germain (França)
Maria - Juventus (Itália)
Millene - Wuhan Xinjiyuan (China)

Atacantes:

Bia Zaneratto - Wuhan Xinjiyuan (China)
Ludmila - Atlético de Madrid (Espanha)
Marta - Orlando Pride (Estados Unidos)
Mylena - FC de Familicão (Portugal)
Nycole Raysla - Benfica (Portugal)
Raquel - Sporting Lisboa (Portugal)
Valéria - Madrid CFF (Espanha)

Valéria faz gol da vitória e vai às lágrimas no Campeonato Espanhol

Fotos: Reprodução / Instagram @liga_iberdrola

O Campeonato Espanhol de futebol feminino começou no fim de semana com gol piauiense. Valéria, atacante do Madrid, garantiu a vitória do seu time sobre o Tenerife, fora de casa, por 1 a 0, no último domingo (4). 

A comemoração do gol, feito no primeiro tempo de partida, foi marcada por lágrimas da jogadora, que falou sobre essa emoção em entrevista para a Rádio Cidade Verde. 

- Sempre que o choro vem, quando eu estou dentro de campo, quando eu marco gol, é porque passam muitas lembranças na minha mente, a família... Minha família mexe muito com meu emocional. 

Valéria lembrou da irmã Vanessa, que teve a carreira no futebol interrompida por conta de lesões, mas também de todos os parentes que ficaram no Piauí. 

Foto: Fábio Lima/Arquivo Cidadeverde.com

As irmãs Valéria e Vanessa

- Queria muito que uma pessoa estivesse aqui do meu lado, que é a minha irmã. Mas, infelizmente, o sonho dela não pode continuar. E hoje eu estou aqui não só por mim, mas por toda a minha família. E eu acho que isso me motiva ainda mais. Minha família é meu ponto forte, e todos os gols que eu faço, que eu luto diariamente, é por eles. 

O gol também foi uma homenagem para Maria Valentina, sobrinha de Valéria, que nasceu há 11 dias. 

A família da atacante é do povoado David Caldas, município de União. Foi lá onde Valéria e Vanessa deram os primeiros passos no futebol. As duas jogaram na Sociedade Esportiva Tiradentes. Enquanto a irmã se recuperava de cirurgia em um dos joelhos, Valéria aproveitou as oportunidades. Defendeu Vitória (BA) e São Paulo (SP), foi para a Copa do Mundo Sub-20 com a seleção brasileira, e agora segue carreira internacional. 

O Madrid volta a jogar no próximo domingo (11), contra o Espanyol. 

Altos é novo líder na Série D; River perde invencibilidade e cai para terceiro

Reprodução/Twitter/Juventude Samas

A derrota em casa na estreia na Série D do Brasileirão parece ter ficado no passado da Associação Atlética de Altos. Três rodadas depois, o Jacaré assumiu a liderança do Grupo A2 do torneio. 

No sábado (3), fora de casa, Klenisson e Leandro marcaram os gols do time piauiense na vitória sobre o Juventude Samas (MA) por 2 a 1 - Rômulo descontou para os maranhenses. 

O Altos chegou a 9 pontos e é o líder isolado do grupo - posição que era do River antes da bola começar a rolar na quarta rodada. 

Enquanto o Altos vencia o Juventude, o River jogava com o Moto Club (MA), também fora de casa. Repleto de desfalques, o tricolor piauiense perdeu por 2 a 0 - gols de Wesley e Gleydison. 

O Galo fechou o sábado na vice-liderança, mas caiu para a terceira posição, neste domingo (4), após o São Raimundo (RR) derrotar o Santos (AP) por 2 a 0. 

São Raimundo e River têm 7 pontos cada um. A diferença entre os dois times está no saldo de gols: 2 a 1 para a equipe de Roraima. 

No próximo domingo (11), teremos Altos x River, no Felipe Raulino, em Altos. Na mesma tarde, o São Raimundo visita o Sinop (MT). 

River segue invicto na Série D, e Altos derruba o técnico do Moto Club

Foto: Victor Costa/River A.C.

Atualizada às 23h10

Parece que os tropeços em casa ficaram para trás.  

O River é líder do Grupo 2 da Série D do Campeonato Brasileiro, e o Altos aparece isolado na segunda posição - graças à vitória do Baré (RR) por 1 a 0 sobre o São Raimundo (RR), no fechamento da terceira rodada. 

Nesta quarta-feira (30), o Galo venceu o Juventude Samas (MA) por 1 a 0, com gol de Lucas Bahia, no segundo tempo. O tricolor está invicto, com 7 pontos. 

Quase no mesmo horário, em Altos, o Moto Club saiu na frente com gol de Ramon, no primeiro minuto de partida. Tiaguinho empatou para o Jacaré, aos 7 minutos. E no segundo tempo, Betinho e Tiaguinho garantiram a vitória dos donos da casa. O Altos fecha a rodada na vice-liderança, com 6 pontos. 

Derrotado pelo Sampaio Corrêa na decisão do Campeonato Maranhense, no último fim de semana, o Moto Club não aguentou a derrota para o Altos e demitiu o treinador Dejair Ferreira. 

 

 

Crise para uns, boa fase para o outros. 

Faltam 11 rodadas para o fim da fase de grupos. Tem muito jogo pra disputar, muita estrada pra pegar, mas os bons resultados no início ajudam na sequência do torneio. 

No sábado (3), será a vez dos times piauienses jogarem no Maranhão. O Altos visita o Juventude Samas, enquanto o River enfrentará o Moto Club. 

Posts anteriores