Cidadeverde.com

Luís Carlos Cardoso é campeão mundial de paracanoagem e garante vaga em Tóquio 2020

Reprodução/Facebook

O canoísta Luís Carlos Cardoso conquistou, nesta quinta-feira (22), o título do Campeonato Mundial de Paracanoagem, disputado em Szeged, na Hungria. A medalha de ouro também rendeu ao piauiense a vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2020. 

Único não europeu na final dos 200 metros da categoria VL2 (canoa), Luís Carlos Cardoso foi campeão da prova com o tempo de 51seg68, melhorando a marca que havia feito na série classificatória (51seg91). Na decisão, o piauiense também foi o único a remar abaixo dos 52 segundos. 

É a sexta medalha de ouro de Luís Carlos em campeonatos mundiais de paracanoagem. E pode vir mais uma nesta sexta-feira (23), quando o canoísta disputa a final dos 200 metros da categoria KL1 (caiaque). 

 

 

Vaga em Tóquio
O ouro rendeu a Luís Carlos a classificação para sua segunda participação em Jogos Paralímpicos. Candidato ao título em 2016, no Rio de Janeiro, o piauiense ficou fora do pódio.

O canoísta é o primeiro nascido no Piauí a garantir vaga em Tóquio. Nos Jogos Olímpicos, atletas do estado ainda disputam vagas, com maiores chances no futebol feminino, judô e badminton. 

Foto: Wilson Filho/Cidadeverde.com

Luís Carlos Cardoso em José de Freitas, em novembro de 2011, onde inaugurou a primeira escolinha de canoagem do Piauí

História
Ex-dançarino de bandas de forró, entre elas a do cantor Frank Aguiar, Luís Carlos Cardoso foi acometido por esquistossomose em dezembro de 2009, infecção que o fez perder o movimento das pernas.

Depois de começar no esporte pelo basquete, Luís Carlos descobriu a canoagem e não parou mais. Passou a competir em 2011 e acumular medalhas nacionais e internacionais. 

Em 2015, Luís Carlos foi campeão mundial tanto na canoa quanto no caiaque, o que o fez ser eleito o melhor atleta para paralímpico do ano no Brasil.