Cidadeverde.com

Ceará vence na prorrogação, e JES Futsal é vice-campeão da Copa Nordeste

Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com

Depois de empate em 2 a 2 no tempo normal, o JES Futsal foi derrotado na prorrogação pelo Ceará e ficou com o vice-campeonato da Copa Nordeste, encerrada na noite de sábado (9), no ginásio Verdão, em Teresina (PI). 

A decisão do torneio contou com boa presença de público, que apoiou o JES do início ao fim, mas teve de lamentar o resultado adverso em casa. Quem comemorou foi a torcida organizada do Vozão, que se fez presente na final. 

Atual campeão piauiense, o JES se volta agora para a busca do bicampeonato - já conquistou o primeiro turno. O título do torneio dará vaga ao time na Taça Brasil, próximo objetivo do clube. 

Um jogão!
O primeiro tempo teve a tônica dos últimos jogos do JES na competição: o time é pressionado o tempo todo. No entanto, ao contrário das outras partidas, nas quais a equipe piauiense conseguiu fazer gols no contra-ataque, o Ceará levou a melhor com gol de Erverson, restando 1min35 para o intervalo. 

O gol veio minutos depois da partida ser interompida por conta da chuva. Pelo menos três goteiras molharam a quadra quando restavam 6 minutos para o fim do primeiro tempo. 

Vira, virou e... empatou
Na volta do intervalo, o panorama da partida mudou. Em desvantagem no placar, o JES deixou de ser pressionado e passou a dominar a partida, desperdiçando várias chances de gol. 

Mas uma hora, o gol teria de sair. Faltando 16 minutos para o fim, Idelvando deixou tudo igual.  

O jogo pegou fogo. E entre ataques e contra-ataques, o JES levou a melhor quando o goleiro Lambão tocou a bola com a mão fora da sua área. 

O JES aproveitou o período com um jogador a mais e virou a partida. Alexandre Timon fez 2 a 1, restando 4min45 para o cronômetro zerar. 

O Ceará não desistiu. Usou o goleiro-linha e pressionou o JES até conseguir o gol de empate com João César, restando um minuto para o fim. 

Prorrogação
Depois de um primeiro tempo sem gols, o Ceará saiu na frente na prorrogação. Em jogada de contra-ataque, Samuel chutou para as redes, restando 4min04 para o fim. 

O JES usou o goleiro-linha para pressionar e forçou o Ceará a cometer a sexta falta. Mas, na cobrança, Alexandre Timon chutou para fora.