Cidadeverde.com

No Japão, Sarah Menezes volta a competir 4 meses após cirurgia

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

 

A campeã olímpica Sarah Menezes volta aos tatames na noite desta quinta-feira (21). A piauiense integra a seleção brasileira no Grand Slam de Osaka, no Japão. 

Será o primeiro torneio de Sarah Menezes depois da cirurgia no ombro esquerdo, realizada em julho, após a conquista da medalha de bronze no Grand Prix de Montreal, no Canadá. 

Em Osaka, Sarah Menezes terá pela frente Christianne Legentil, das Ilhas Maurício. Caso vença, a brasileira enfrentará a francesa Armandine Buchard, cabeça-de-chave na categoria meio-leve (até 52kg). 

Corrida por vaga em Tóquio
Mais importante que subir no pódio, Sarah Menezes precisa somar pontos no ranking mundial caso queira voltar ao Japão em 2020, nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Depois de Osaka, Sarah Menezes iniciará uma maratona de treinos e torneios. No início de 2020, a piauiense lutará três competições em menos de 30 dias: Grand Prix de Tel Aviv, em Israel; Open de Odilevas, em Portugal; e Grand Slam de Paris, na França. 

A difereça entre Sarah Menezes e Larissa Pimenta, hoje a brasileira melhor ranqueada na categoria, é de 2 mil pontos. Mas um ouro na França, por exemplo, já renderia mil pontos para a piauiense. E o ranking só será fechado em maio do ano que vem.