Cidadeverde.com

Tiago Cardoso recebe homenagens do Santa Cruz após aposentadoria

  • santa-tc-12.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-11.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-10.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-09.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-08.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-07.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-06.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-05.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-04.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-03.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-02.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz
  • santa-tc-01.jpg Fotos: Rafael Melo/Santa Cruz

Placas especiais, gritos da torcida, homenagem nos uniformes de jogo e até espaço dentro do clube batizado com seu nome. Tudo isso foi feito para reverenciar e eternizar o goleiro piauiense Tiago Cardoso no Santa Cruz, que anunciou aposentadoria dos gramados

O tratamento de herói tricolor foi dado durante o empate em 0 a 0 do Santa Cruz com o Bahia, no sábado (25), em jogo da Copa do Nordeste, no estádio do Arruda, em Recife (PE). Mais de 15 mil torcedores se fizeram presentes - muitos atenderam o chamado da diretoria e chegaram mais cedo apra participar da festa de despedida.

Antes da partida, o agora ex-jogador foi levado ao centro do gramado. Ovacionado pelos torcedores, ele recebeu de familiares placas e um uma camisa na qual foram gravados 10 títulos conquistados por Tiago com o Santa Cruz -  parte da razão da idolatria em torno de seu nome. 

Os títulos também foram lembrados no uniforme dos jogadores que entraram em campo. Ao invés dos próprios nomes, os atletas vestiam camisas com os cinco campeonatos pernambucanos, três acessos de divisões do Brasileirão, e as conquistas da Copa do Nordeste de 2016 e Série C de 2013. 

O goleiro Maycon foi a exceção. Nas costas, estava o nome de Tiago Cardoso. E parece que deu sorte: Maycon fez grandes defesas e foi eleito o craque da partida. 

Conhecido pela dedicação nos treinos, Tiago Cardoso também foi homenageado em uma das instalações do clube. A academia de musculação agora leva o nome do goleiro, que ficou marcado por grandes defesas em jogos decisivos - em alguns casos até mesmo lesionado. 

As lesões foram também a razão da aposentadoria precoce. Anunciado no início do mês pelo Santa Cruz para a temporada 2020, Tiago Cardoso voltou a sentir dores nos joelhos dias depois de se apresentar. Decidiu parar por não achar que teria condições de render 100% do que poderia. 

Tiago Cardoso deixa o futebol aos 35 anos, com 19 de carreira no profissionalismo. Natural de Altos (PI), ele integrou o elenco campeão brasileiro da Série A de 2011 com o Atlético Paranaense - hoje Athletico. Foi o primeiro goleiro piauiense de maior expressão nacional após Toinho, campeão brasileiro com o São Paulo em 1977. 

O Santa Cruz convidou o jogador para assumir o cargo que quisesse na comissão técnica. Tiago Cardoso ainda estuda o que fará no futuro. Antes disso, a diretoria tricolor ainda estuda a realização de um jogo de despedida.