Cidadeverde.com

Sem vencer em 2020, River demite técnico Márcio Goiano

Foto: Victor Costa/River A.C.

O River Atlético Clube divulgou nota, na manhã desta quinta-feira (30), comunicando a demissão do técnico Márcio Goiano. O auxiliar Edson Miolo também deixa o cargo. 

A decisão foi tomada horas depois do River ser derrotado pelo Parnahyba por 1 a 0, fora de casa, pelo Campeonato Piauiense - o tricolor é o lanterna da competição. 

Goiano deixa o Galo após cinco jogos sem vencer em 2020: derrota em amistoso para o Sampaio Corrêa (3 a 2), empate com o Náutico na Copa do Nordeste (1 a 1), e duas derrotas e um empate no Campeonato Piauiense (2 a 1 para Picos, 1 a 0 para o Parnahyba e 1 a 1 com o Piauí). 

José Roberto, treinador das categorias de base, assume o time interinamente e comandará o Galo na partida com o CSA (AL), neste sábado (1º), pela Copa do Nordeste. O jogo acontecerá no estádio Albertão, às 16h. O técnico comandou o River na Copa São Paulo de Futebol Júnior e ajudou o Galinho a ser o primeiro time do Piauí a passar de fase no torneio. 

A demissão significa uma mudança de rumos no que havia declarado o gerente de futebol, Mazinho Patrão. Na noite de quarta-feira (29), após a derrota para o Parnahyba, ele afirmou que Márcio Goiano continuaria no cargo. 

Veja a nota do River:

NOTA OFICIAL - MÁRCIO GOIANO

O River Atlético Clube comunica o desligamento do treinador Márcio Goiano do comando técnico do clube. Além dele, o auxiliar técnico Edson Miolo também deixa o cargo.

Agradecemos os trabalhos do treinador e de seu auxiliar e desejamos boa sorte na sequência de suas carreiras.