Cidadeverde.com

Federação vai pedir reforço de segurança para Altos x Vasco após incidentes no Albertão

Foto: Yasmim Cunha/Cidadeverde.com

Após os episódios de violência que envolveram a partida entre River e América-RN, no domingo (9), pela Copa do Nordeste, a Federação de Futebol do Piauí (FFP) vai solicitar reforço do policiamento nos próximos jogos a serem disputados em Teresina - inclusive no confronto entre Altos e Vasco, pela Copa do Brasil, na quarta-feira (12). 

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (10), o presidente da FFP, Robert Brown Carcará, repudiou os atos de violência praticados por integrantes de torcidas organizadas no estádio Albertão e anunciou o pedido a ser feito em reunião nesta terça-feira (11), às 10h da manhã, no Comando Geral da Polícia Militar. 

- Nós vamos solicitar para a Polícia Militar que ela redobre esses cuidados. (...) Nós vamos ter essa reunião, e nós vamos solicitar. Tem esse jogo quarta-feira contra o Vasco, com certeza a polícia dará total garantia. 

Robert Brown ainda relatou ter recebido a visita de um pai com seu filho pequeno. Eles foram reclamar a falta de segurança no Albertão, no jogo de domingo. 

- Recebi um torcedor com uma criancinha que estava lá no estádio e veio aqui só pra falar daquilo. (...) Eu disse para o senhor: não se preocupe, não. Você vai voltar para o estádio, sim. Pode ir para o jogo que vai ter segurança. 

Sobre providências, Brown informou ainda que os fatos foram apresentados em reunião com o Ministério Público na manhã desta segunda-feira, e os promotores responsáveis vão solicitar o que for necessário. 

O dirigente lamentou a possibilidade de punição ao River e a suspeita de envolvimento na confusão de membros de torcidas organizadas alheias ao jogo. Para Brown, não importaria o tamanho do efetivo policial no Albertão, pois os responsáveis já foram ao estádio dispostos a promover tal baderna. 

- Esse é um assunto que não era nem pra gente estar tratando com a polícia sobre isso. Eu acho que as pessoas tinham que ter era educação, tinham que se comportar era como cidadão dentro do estádio. Estádio não é pra ter briga. Todos estão errados. Todos que ocasionaram a briga têm culpa.