Cidadeverde.com

Eliminada na Eslováquia, Sarah Menezes engata nova sequência de torneios por vaga em Tóquio 2020

Foto: Gabriela Sabau/IJF

Após disputar três competições menos de 30 dias, a judoca Sarah Menezes engatou uma nova sequência de torneios em busca da vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho. O problema é que a atleta piauiense não tem conseguido os resultados dos quais precisa. 

No último fim de semana, Sarah Menezes lutou no Open de Bratislava, na Eslováquia, e acabou eliminada na primeira fase pela sérvia Nadeza Petrovic, por punição no golden score - tempo de desempate. 

Agora são quatro torneios em 2020 sem medalha: Israel, Portugal, França e Eslováquia. Em dois deles, a piauiense terminou na quinta posição, depois de perder a disputa de bronze para Larissa Pimenta, sua rival na disputa pela vaga olímpica na categoria meio leve (-52kg). 

Apesar da diferença de aproximadamente 2.000 pontos no ranking mundial, Sarah Menezes decidiu seguir na disputa por Tóquio - que vai até o mês de maio. Para isso, a piauiense seguirá na Europa até março e disputará pelo menos outros dois torneios nas próximas semanas.

No próximo fim de semana, a judoca brasileira estará no Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha, que dará 1.000 pontos ao campeão de cada categoria. E no início de março, Sarah seguirá para o Grand Prix de Rabat, no Marrocos, onde a medalha de ouro valerá 700 pontos.

Tóquio 2020 pode ser a última edição dos Jogos Olímpicos para Sarah Menezes, que completa 30 anos em março e estará com 34 nos Jogos de Paris, na França, em 2024.