Cidadeverde.com

Sem recursos, Timon pede ajuda para mandar jogadores para casa

Foto: Elziney Santos/FFP

O Esporte Clube Timon iniciou uma campanha para conseguir mandar os atletas do time de futebol para suas cidades. Após a suspensão do Campeonato Piauiense, a agremiação liberou o elenco, mas dificuldades financeiras fizeram o presidente Leal Filho gravar um vídeo pedindo ajuda. 

Na mensagem, divulgada na tarde de quinta-feira (19), Leal Filho afirmou que ainda não tinha conseguido comprar passagens para 14 atletas. 

 

 

Nesta sexta-feira (20), depois do pedido de ajuda, o clube tem ainda três passagens para comprar, o que Leal Filho espera conseguir até o fim do dia. Com dificuldade para obter dinheiro, o Timon tem conseguido se virar até com milhas aéreas.   

O time era o lanterna do Campeonato Piauiense até a suspensão do torneio. Durante a competição, o então técnico Luís Miguel - segundo entre três contratados pelo clube na temporada - revelou que houve atraso de salário de jogadores, mas a situação teria sido contornada. 

O temor da diretoria é o eventual cancelamento de viagens ou até fechamento de aeroportos ou terminais rodoviários. Parte das passagens adquiridas é para o próximo sábado (21), inclusive da comissão técnica.