Cidadeverde.com

Clubes sem divisão seguem sem dinheiro e pedem ajuda da CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou ajuda financeira para 27 federações e aos clubes das Série C e D do Brasileirão masculino e das duas divisões do Brasileirão feminino. 

Mas outros 139 clubes sem divisão seguem sem dinheiro e com campeonatos estaduais parados. 

Esses clubes haviam enviado uma carta para a CBF na semana passada. Com o anúncio da ajuda aos times do Brasileirão, eles divulgaram uma nova carta, reforçando o pedido de ajuda financeira.

Veja a carta na íntegra

São 175 clubes, inclusive Altos e River, já contemplados com R$ 120 mil no auxílio anunciado pela confederação. 

Os presidentes de clubes primeiro alegam risco de judicialização caso os campeonatos estaduais não sejam concluídos - é preciso definir indicados para a Série D e Copa do Brasil de 2021, e os estaduais são torneios seletivos. 

Em seguida, os dirigentes reforçam pedido de auxílio financeiro. Seriam R$ 75 mil por três meses, mais de R$ 30 milhões. 

Dinheiro a gente sabe que a CBF tem. A entidade alcançou quase R$ 1 bilhão de arrecadação em 2019. 

Porém, para federações e clubes de divisões menores do Brasileirão, a CBF destinou R$ 19 milhões. Será se vai tirar do bolso mais do que isso para ajudar os times sem divisão? - se ajudar. 

A CBF tem dinheiro para ajudar e pode fazer isso. E não é por caridade. É para cuidar do produto chamado futebol brasileiro.

É o argumento que defendo no comentário desta quarta-feira (8) no Cidade Esportiva: