Cidadeverde.com

Qualificado para seleção de judô, Felipe Silva evita pensar no futuro e foca nos treinos em casa

Reprodução/Instagram

Atleta da Associação de Judô Expedito Falcão, Felipe Silva (-90kg) venceu o Meeting Nacional, em fevereiro, e começou o ano na liderança do ranking brasileiro Sub-18, o que o qualificou para defender a seleção brasileira fora do país. 

Veio a pandemia, os eventos de judô em todo o mundo foram suspensos. A chance de defender a seleção brasileira e conquistar medalhas no exterior precisou ser adiada. 

Com apenas 16 anos, mas foco de gente grande, Felipe Silva tenta não pensar no futuro. Assim, ele evita qualquer expectativa com relação ao retorno das competições. 

- Eu procuro pensar só no que eu posso fazer sempre. O que não está no meu alcance, eu não penso muito. Eu só penso mesmo na batalha de cada dia, no quanto eu me esforço em cada dia, porque eu sei que os resultados vêm naturalmente com o trabalho duro. 

Felipe Silva tem mantido uma rotina de treinos em casa. Ele revelou que acompanha as transmissões ao vivo feitas pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), na qual atletas da seleção principal e até de outros países se desafiam com exercícios ao vivo no Instagram. 

Entre um treino e outro, o judoca falou para o Cidade Esportiva desta quarta-feira (20).