Cidadeverde.com

Com a benção de Marcelo Negrão, Vinícius jogará no time principal do SESI-SP

Fotos: Juliana Kageyama

O central Vinícius Elias Silva fará parte do grupo principal do SESI (SP) para a temporada 2020/2021 do vôlei masculino. O jogador, revelado em um projeto no município de Timon (MA), foi promovido da categoria sub-19 do clube paulista. 

Vinícius está em São Paulo desde o início da pandemia do novo coronavírus. O jogador havia sido emprestado para o Juiz de Fora (MG), clube defendido por ele durante a Superliga B até a paralisação e cancelamento do torneio deste ano. 

O SESI anunciou que terá um time 100% formado em casa, com jogadores com passagens pelas seleções sub-19 e sub-21. O único nome do grupo que nasceu antes do ano 2000 é o líbero gaúcho Murilo Endres, 39 anos, campeão mundial e medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008) e Londres (2012). 

O treinador do time será Marcelo Negrão, campeão olímpico em Barcelona 1992 como jogador. Ele era o técnico da categoria sub-19 do SESI e fará sua estreia na função na categoria adulta.

Negrão aposta no lançamento de jovens promessas no time profissional, como aconteceu com ele, quando tinha 17 anos - seu ouro olímpico foi aos 19. O próprio site do SESI cita Vinícius como uma aposta do treinador. 

- Conheço todos esses jogadores e vamos crescer juntos. Acredito que vamos colher grandes frutos, que esse time vai ser um exemplo pra essa garotada aí, pra garotada acreditar no seu sonho. 

Vinícius comemorou a notícia e elogiou o treinador. 

- Eu fiquei muito feliz. Vai ter o Marcelo como técnico, que é um cara de grande importância para o vôlei. (...) Eu tenho uma admiração imensa pelo Marcelão. Foi o cara que me ajudou a vir pro SESI. Ele me ajudou com tênis e algumas coisas quando eu estava na minha cidade. Vai ser bem legal trabalhar com ele. 

O SESI informou que a decisão de promover a base para o time principal ocorre um ano depois de  mesclar jovens jogadores e atletas renomados. Em abril, o clube já havia anunciado a não renovação dos contratos do elenco que disputou a Superliga, cancelada por conta da pandemia.  

Vinícius nasceu em Teresina (PI), mas cresceu na vizinha cidade de Timon (MA). O central tem 19 anos e 2,02 metros de altura. O jogador chegou a ser convocado para a seleção brasileira sub-19 para treinamentos. Em entrevista ao Cidadeverde.com, há um mês, ele falou sobre sua história e garantiu que irá lutar pelo sonho de defender a seleção brasileira e vencer os Jogos Olímpicos. *

No Acorda Piauí desta terça-feira (23), as entrevistas de Vinícius e Marcelo Negrão:

* * 

Relação de atletas do SESI-SP para a temporada 2020/2021
 
- Levantador 
Caio Nobre, natural de Natal/RN, nascido em 04/03/2000 - (1,86) 
Ryan Azevedo, natural de São Paulo/SP, nascido em 30/05/2001 - (1,86) 

- Oposto 
Darlan Souza, natural de Nilópolis/RJ, nascido em 24/06/2002 - (1,90) 

- Central 
Leonardo Henrique de Souza Andrade, natural de São Paulo/SP, nascido em 14/05/2002 - (2,02) 
Marcos Paulo Soares Cerqueira, natural de Brasília/DF, nascido em 11/04/2000 - (2,01) 
Vinicius Elias, natural de Teresina/PI, nascido em 31/01/2001 - (2,02) 

- Ponteiro 
Alan Barra Maciel, natural de Pinhais/PR, nascido em 15/05/2001 - (1,85) 
Eric Endres, natural de São Paulo/SP, nascido em 03/03/2000 - (2,00) 
Nathan Mota Krupp, natural de Gramado/RS, nascido em 20/11/2001 - (1,96) 
Marcus Vinicius, natural de Uberaba/MG, nascido em 01/07/2001 - (1,96) 

- Líbero 
Murilo Endres, natural de Passo Fundo/RS, nascido em 03/05/1981 - (1,92) 
Matheus Procópio, natural de São Paulo/SP, nascido em 18/07/2000 - (1,83)