Cidadeverde.com

Chapecoense: atacante piauiense Roberto é internado com covid-19

Reprodução/Instagram

Ampliada às 20h42

O meia-atacante piauiense Roberto Heuchayer, da Chapecoense, está internado em Santa Catarina para tratar da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. 

O jogador divulgou foto em suas redes sociais, neste domingo (12), com a mensagem "Maior desafio da vida #lutarcontraocoronavírus". Na imagem, Roberto aparece deitado em um leito de hospital. 

Natual de Picos, Sul do Piauí, Roberto tem 29 anos e sentiu falta de ar antes de ser internado. Em contato com o Cidadeverde.com, o jogador disse que o vírus chegou a comprometer parte do seu pulmão. Contudo, o atleta já foi medicado e apresenta melhora. 

"Só tive um desconforto na questão da respiração. O vírus tinha comprometido 30% do meu pulmão. Fui  internado, medicado e já estou bem melhor mesmo. Estou em recuperação, bem tranquilo. Já não sinto muitos sintomas. (...) Em breve, se Deus quiser, já estou de volta a ativa"

A Chapecoense não divulgou números e nomes, mas confirmou casos positivos de covid-19 de "alguns integrantes da comissão técnica e do elenco". 

Porém, a Superintendência de Vigilância em Saúde de Santa Catarina determinou o cancelamento do jogo entre Avaí e Chapecoense, marcado para sábado (11), porque "uma das equipes teve 14 casos confirmados para Covid-19". O Avaí informou que todos os seus testes tiveram resultado negativo. 

O Campeonato Catarinense voltou a ser suspenso e corre risco de ser retomado somente em duas semanas. 

Roberto chegou na Chapecoense como lateral esquerdo, depois de passar por Atlético Paranaense (antes da mudança do nome para Athletico) e Santa Cruz - de onde saiu festejado pela torcida. Nos últimos anos, o jogador chegou a ser emprestado para Londrina (PR) e Figueirense (SC), antes de voltar para a Chape e sair da lateral para a meia esquerda.

Atualizada em 9h20 - 13/07/2020 - A internação de Roberto foi um dos assuntos do Acorda Piauí, na Rádio Cidade Verde, com declarações do jogador.