Cidadeverde.com

Célio Codó traça metas no River: primeiro o acesso, depois a artilharia

Um dos atacantes do Sampaio Corrêa (MA) na Série D de 2012, quando o tricolor maranhense conquistou o acesso, reencontrou o treinador dessa conquista. Célio Codó volta a trabalhar com Flávio Araújo, agora no River. O desafio é o mesmo de três anos atrás. 

Na apresentação, na tarde de segunda-feira (15), o discurso do novo reforço do Galo era bem otimista. 

- Creio que com o time bem focado, nós vamos conseguir os objetivos. Primeiramente o objetivo do grupo, que é o acesso, e depois os objetivos individuais, quem sabe a artilharia. Mas, como eu disse, o primeiro objetivo é conquistar o acesso pra a Série C. 

Flávio Araújo reforçou o grupo com nomes que ele já conhece e, talvez o mais importante, já conhecem sem trabalho e vão se entrosar rapidamente ao time. O lateral esquerdo Luís Jorge também defendeu o Sampaio Corrêa de 2012. 

No futebol maranhense, Célio Codó não é unanimidade. Foi ídolo e também criticado. No River, a história pode ser outra. E tomara que seja. A expectativa pelo acesso é grande e a eficiência do ataque tricolor no primeiro semestre não foi unanimidade por aqui.