Cidadeverde.com

Um fantasma persegue o River no Albertão


"E" de Empate em casa (arte: Cidadeverde.com)

O empate em 1 a 1 do River com o Palmas (TO) no último domingo (12) se soma a outros resultados do Galo em competições nacionais para reforçar uma estatística ruim para o tricolor no estádio Albertão. 

Nas duas últimas competições interestaduais do River, a vitória no Albertão só veio quando o Galo já não tinha mais chances de classificação. 

Na Copa do Nordeste, no primeiro semestre, o tricolor fez 1 a 1 com o Ceará e 2 a 2 com o Fortaleza. Na última rodada, já eliminado, venceu o Botafogo (PB) por 1 a 0. 

Na Série D do ano passado, o Galo empatou com o Remo (PA) em 1 a 1 e com o Moto Club (MA) em 0 a 0. É verdade que venceu o Interporto (TO) por 2 a 1, a exceção dessa "regra". Mas além disso o tricolor só venceu em casa na última rodada, quando o 7 a 1 no Guarany de Sobral (CE) já não valia mais nada. 

O curioso é que nas duas competições passadas o Galo começou bem, vencendo o primeiro jogo fora de casa. Na Série D 2014, o River fez 2 a 1 no Guarany, em Sobral (CE). Na Copa do Nordeste, o placar se repetiu contra o Botafogo, na Paraíba.

Tomara que pelo menos isso inspire o time tricolor contra o Santos, domingo que vem, no Amapá. 

Porém, será no dia 26, contra o Guarani, de Juazeiro do Norte (CE), que o River terá de reconquistar a torcida que o vaiou domingo no Albertão. Vai ser difícil como cada partida da Série D, em especial porque o Galo passou a ser mais visto após o Nordestão. Mesmo assim, o grupo precisará se superar, porque tricolor nenhum aguenta mais. Esse time precisa ganhar em casa. 

 

*Correção - 14/07 - O jornalista embolou os placares, mas o leitor Francijone Sousa estava atento e fez o alerta. O texto original apontava que o River havia empatado sem gols com o Interporto, mas este foi o resultado do Galo no jogo fora de casa. O equívoco já foi desfeito.