Cidadeverde.com

Fundespi quer concluir Verdão até o fim do ano e implantar Bolsa Atleta e Bolsa Treinador

O presidente da Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi), Vicente Sobrinho, participou da abertura da décima edição dos Jogos das Escolas Públicas Estaduais Piauienses (JEPEPs). A solenidade foi realizada na manhã desta terça-feira (14), no setor de esportes da Universidade Federal do Piauí (UFPI). 

Entre vários assuntos, Vicente Sobrinho falou sobre a reativação do programa Bolsa Atleta, o que deve ocorrer no próximo ano. 

Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde

- Formamos uma equipe que está focada nisso e outra para definir os critérios. Vamos voltar com o Bolsa Atleta em 2016 - confirmou. 

Vicente Sobrinho disse ainda que a ideia é ampliar o benefício para os técnicos, criando o Bolsa Treinador, que abrangeria todas as modalidades esportivas. 

Verdão até o fim do ano
Outro assunto comentado pelo presidente da Fundespi foi a reabertura do ginásio Dirceu Arcoverde, o Verdão, em Teresina (PI). As obras que já atravessaram dois governos devem ser concluídas até o fim do ano. 

Vicente Sobrinho estima que a primeira etapa, de estruturação física, seja concluída em setembro. Depois disso, seriam mais dois meses para instalação dos equipamentos, o que inclui o novo piso para várias modalidades esportivas. O contrato desta última etapa teve de ser rompido para reajuste e elaboração de uma nova planilha. 

A Fundespi quer inserir o Verdão no roteiro de competições nacionais e internacionais, a exemplo do que ocorreu recentemente com Cuiabá (MT), sede de jogos da Liga Mundial de Vôlei. Mas a reabertura do ginásio, prevista para janeiro, deve ocorrer com um evento multiesportivo local. 

Rio 2016
Vicente Sobrinho informou que a Fundespi procurou as federações esportivas para firmar convênios visando os Jogos Olímpicos. A única entidade que teria respondido até agora foi a Federação de Atletismo do Piauí (Fapi), com projeto para o velocista José Carlos "Codó". Maranhense, ele passou a defender o clube CTPI para treinar mais perto de sua terra. 

O presidente da Fundespi admitiu que falta pouco tempo para apoiar atletas rumo aos Jogos de 2016, mas acredita que isso ainda é possível. 

O problema é que em algumas modalidades a porta para se obter vaga ou índice já se fechou. E onde ainda há possibilidade de ingressar na equipe brasileira, faltam atletas piauienses em condições de brigar por vaga nos próximos meses.  

 

+ Colaboração especial de Carlos Lustosa Filho, repórter do Cidadeverde.com.