Cidadeverde.com

Jogador piauiense assina com time de futebol da Moldávia

  • helio04a.jpg O Zimbru FC será a casa de Hélio pelos próximos dois anos
    Foto: Zimbru.md
  • helio03a.jpg Foto: Zimbru.md
  • helio02a.jpg Foto: Zimbru.md
  • helio01a.jpg Contrato de dois anos foi assinado com o Zimbru, segundo time de Hélio fora do Brasil
    Foto: Zimbru.md

Mais um piauiense está nos gramados da Europa. Mais precisamente na Moldávia, país localizado entre a Romênia e a Ucrânia. É nos gramados de lá onde desde o fim de junho o zagueiro Hélio Monteiro Batista vem mostrando seu trabalho. 

E após uma série de amistosos pelo Zimbru FC, seu novo clube, Hélio entrará em campo neste sábado (25) para a primeira partida oficial da atual temporada. O jogo contra o Olimpia Balti será o ponto de partida para a nova vida desse teresinense de 25 anos, que saiu do Dirceu Arcoverde, zona Sudeste da capital, para se aventurar no futebol. 

Hélio tem passagens por Rio Preto (SP), Estoril (Portugal), Desportivo Brasil (SP), Santos (SP) e Boa Esporte (MG). Em 2012, com o Noroeste, de Bauru (SP), foi campeão da Copa Paulista. No ano passado, ajudou o Capivariano a subir para a Série A1 do Paulistão. Neste ano, esteve no grupo que manteve o time na elite do torneio. 

Quais são os planos de Hélio nesse país tão desconhecido dos brasileiros? O jogador responde agora para você:

Na Esportiva - Como está sendo essa nova experiência? 
Hélio - Fábio, está sendo muito boa, cara. Uma nova cultura, uma língua que jamais imaginei querer aprender e agora já estou me esforçando para aprender algumas coisas! Comidas um pouco diferentes do Brasil, mas como tem mais dois brasileiros comigo, três portugueses e dois de Cabo Verde, eles mudaram um pouco o cardápio. Algumas vezes já fazem arroz, tentam fazer algo mais próximo do que comemos no Brasil. Mas no meu caso, minha esposa chega no começo do próximo mês. Aí já vai ter diariamente o nosso tradicional arroz e feijão.

Na Esportiva - O contrato é de quanto tempo?
Hélio - Contrato de 2 anos. Ate maio de 2017.

Na Esportiva - O que te levou a ir para a Europa foi fazer o "pé de meia"? Vai tentar crescer no futebol por aí?
Hélio - Fábio, para ser sincero, além do pé de meia foi também para abrir mercado para outros países. Aqui perto estão países como Rússia, Ucrânia, Turquia... Países onde além de ter um futebol muito bom, te dão uma segurança de muito boa de trabalho. Os clubes no Brasil estão com muita dificuldade financeira. Em vários deles você joga 6 meses, recebe 2 salários, é mandado embora do clube e não te dão satisfação nenhuma sobre os seus direitos, e aí a única alternativa é entrar na justiça. Há algum tempo eu estava tentando voltar para fora do Brasil, e aí surgiu essa nova oportunidade. Conversei com minha esposa se seria do agrado dela também e resolvemos aceitar. 

Na Esportiva - Você já jogou alguns amistosos. A temporada por aí começa quando?
Hélio - Joguei sim, fizemos seis amistosos, ganhamos quatro, empatamos um e perdemos um. Participei de quatro deles. E o campeonato começa já nesse final de semana. Sábado nossa estreia é fora de casa.

Boa sorte ao Hélio no seu novo desafio. E como sempre, vamos ficar de olho nele e nos piauienses que estão aprontando no esporte pelo mundo.