Cidadeverde.com

A um ano da Olimpíada, Cruz Nonata segue sem previsão de volta aos treinos

Wagner Carmo/CBAt

Faltam exatos 364 dias para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. E se uma vaga na Olimpíada não é conquistada em pouco tempo de treino, a situação de Cruz Nonata da Silva não pode ser considerada das melhores. Sem competir desde fevereiro, a corredora piauiense ainda não tem previsão de retorno aos treinamentos. 

Cruz Nonata completará 41 anos no dia 18 de agosto. Ela interrompeu os treinos para se recuperar de uma lesão antiga, uma faciste plantar no pé esquerdo, problema que já havia feito a corredora desistir da São Silvestre em 2012. 

Ao Cidadeverde.com, o técnico da atleta, José Alessandro da Silva, foi claro ao não dar prazos ou qualquer expectativa sobre Olimpíadas. 

- Isso tudo depende da recuperação dela. Não vamos fazer previsões e nem planejamento enquanto ela não se sentir plenamente curada. 

A última prova de Cruz Nonata foi a Copa Brasil Cross Country, em São Paulo (SP), no início de fevereiro deste ano. 

Além de se recuperar da lesão, a melhor maratonista da história do Piauí ainda precisará disputar competições e obter índices para ter vaga no Rio de Janeiro. Se for tentar a maratona, terá até 6 de maio para correr abaixo de 2h42. Caso opte pelos 5.000 e/ou 10.000 metros rasos, precisará alcançar o tempo de 15m20 e 32min15, respectivamente, até 5 de julho. 

Em 2012, Cruz Nonata apostou na maratona, mas não obteve índice. Como o prazo das provas de pista era maior, tentou vaga nos 5.000 e 10.000 metros, mas não se readaptou a tempo para reduzir sua marca e ficou fora das Olimpíadas de Londres.