Cidadeverde.com

River (PI) 1x0 Santos (AP) - Faltam 5 jogos para a Série C, mas vamos com calma

Fotos: Wilson Filho/Cidade Verde

Detalhe para supersticiosos: na Série D, o River só passou a ganhar em casa após trocar o vermelho pelo branco

Sim, torcedor. Faltam cinco jogos para o Galo subir. O próximo será contra o Palmas (TO), fora de casa, domingo que vem. Depois são mais duas partidas das oitavas-de-final, e outras duas das quartas-de-final. Se garantir vaga nas semifinais, o River já terá conquistado o acesso para a Série C de 2016. 

Mas não vamos se empolgar antes do tempo. Desses cinco jogos, só três nós já sabemos que irão acontecer. O River precisa continuar conquistando resultados positivos, por mais que sejam como o do jogo de hoje. 

O Santos era frágil e começou o jogo dando espaços. As mascotes dos dois times eram o retrato do início da partida. O peixinho miúdo, incorporado por um garoto, contra o Galo grande, forte - que só se manteve assim no começo.

Rogério fez o gol do jogo logo aos 3 minutos. E depois veio a sensação de que o River poderia fazer mais, mas o tricolor nivelou o jogo ao do adversário. Com todo respeito ao Santos.

O jogo foi meio fraco, lento, sonolento, slow motion no primeiro tempo. Na outra metade deu até uma melhorada. O River jogou pro gasto. Deu uns chutes de fora da área com mais pontaria, empolgou e irritou a torcida, mas dessa vez saiu mais aplaudido que xingado. 

A torcida parece ter dado um desconto. Depois de descobrir que os caras passaram três meses sem receber salário, a cobrança diminuiu. 

Mas a partir das oitavas, vai ter cobrança. É mata-mata, coisa que o técnico Flávio Araújo conhece bem - e disso falaremos futuramente.

Por hora, é preciso se concentrar no fechamento da primeira fase. O River só assumirá a liderança se vencer o Palmas no Tocantins, domingo que vem, às 18h. Um empate já ajudaria o Galo a não ficar entre os piores vice-líderes, mas não custa nada desejar o melhor. 
 
Que venha a liderança, que venha dinheiro no bolso, que venha a vaga nas quartas-de-final, que venha a Série C. Vamos continuar desejando coisas boas que o River vai se dar bem. Ou como os tricolores gostam de dizer nos bastidores: vai dar certo.