Cidadeverde.com

Invicto no Brasileirão, Tiradentes poderá ter jogadora da seleção brasileira feminina

  • caucaia-tiradentes-5.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-4.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-3.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-2.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-8.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-7.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports
  • caucaia-tiradentes-6.jpg Foto: Jarbas de Oliveira/AllSports

O empate em 1 a 1 fora de casa com o Caucaia (CE) no último domingo (20) praticamente garantiu o Tiradentes na segunda fase do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E com isso, o clube deverá ter um reforço da seleção brasileira na sequência do torneio. 

E a contratação não virá a peso de ouro, ou porque o clube da Polícia Militar está bem de bolso. Na verdade, é algo previsto no regulamento. 

A CBF ainda dará mais detalhes sobre esse "draft", que é como esse sistema de seleção é conhecido nos Estados Unidos, onde é comumente usado em competições como a NBA, a liga de basquete norte-americana.

O certo é que as tigresas só perdem a vaga se sofrerem uma goleada de pelo menos quatro gols de diferença na última rodada. Na quarta-feira (23), o Tiradentes recebe o já eliminado Viana (MA), enquanto o Caucaia (CE) encara o Vitória (PE) fora de casa. 

A equipe do técnico Toinho lidera o Grupo 4 do Brasileirão Feminino com 7 pontos e 3 gols de saldo, contra 7 pontos e saldo zerado do Botafogo. Os dois times só podem ser alcançados pelo Caucaia, que tem 4 pontos e no máximo atingirá a mesma pontuação de piauienses e paraibanas. Só os dois primeiros de cada chave se classificam.