Cidadeverde.com

Após jogo dos desmaios, presidente da CBF diz que pessoas também passam mal à noite

Rafael Ribeiro/CBF

Parece que o sol mexeu com a cabeça do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

Após o sorteio da Copa do Nordeste, realizado na noite de ontem (24) em Natal (RN), Marco Polo del Nero comentou os desmaios no jogo entre Tiradentes (PI) e Viana (MA), pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, com declarações dignas de quem não está acompanhando o assunto. 

A entrevista foi concedida aos colegas Sidney Santos e Francisco Filho, da rádio Antares AM, de Teresina. Na primeira pergunta, resposta curta, típica de quem quer encerrar a conversa. 

- São fatos pontuais que acontecem e as providências já estão sendo tomadas. 

Mas veio outra pergunta sobre o assunto e Del Nero demonstrou a importância que está dando ao caso: 

- Isso é feito com um estudo em cima disso tudo. Certamente que o departamento de competições estará atento para fazer as modificações necessárias, se for o caso. Tudo vai ser estudado. Existem casos pontuais. Há casos em que as pessoas têm mal estar à noite, não é? Vamos saber qual o problema que houve e vamos tomar as providências. 

Quer dizer que não bastam os ofícios da Federação de Futebol do Piauí (FFP) alertando para as altas temperaturas? Vão mandar pessoas da CBF para estudar o calor de Teresina?

Falar em mal estar de pessoas à noite é brincadeira de mal gosto. O assunto é sério. Temperatura alta, baixa umidade e no horário que a Organização Mundial de Saúde recomenda que se evite a mera exposição ao sol. Médicos no Piauí podem fazer uma lista dos "casos pontuais" que Del Nero precisa para oficializar uma mudança. Imagine para torcedores. Quem vai sair de casa para ficar longe de uma sombra?


Essa sombra da torre do Albertão na arquibancada ocorre lá pelas 17h, viu Del Nero? Salve a imagem aí para os estudos da CBF (foto Wilson Filho/Cidade Verde)

Se for o caso, Del Nero poderia ele mesmo visitar o Albertão às 15h. Já que ficou claro que ele não sabe qual é o problema. Talvez esteja preocupado demais com as investigações internacionais que já levaram à prisão o seu vice José Maria Marin. 

Em tempo: leitores, não estou aqui para dizer que o sol foi o único problema na partida, nem para por a culpa no Viana (MA). É preciso focar no principal erro dessa lambança toda, que foi marcar um jogo para um horário contrariando os alertas feitos anteriormente.