Cidadeverde.com

River tem novo desafio na final da Série D: voltar a jogar bem fora de casa

O River volta aos treinos nesta terça-feira (3) e vai focar tudo no título da Série D. Mas o time vai precisar resolver um problema antes de entrar em campo contra o Botafogo (SP). 

Você lembra das suas/nossas queixas no começo da Série D? O River era um time que empatava em casa, mas saia de Teresina e se superava: venceu dois jogos e empatou dois na primeira fase.

Foi só começar o mata-mata da Série D que a situação se inverteu. Em casa, o River não só vence como dá show. Foram duas vitórias por 3 a 0 e outra por 2 a 0. A goleada sobre o Lajeadense nas quartas-de-final foi de encher os olhos. 

Fora de casa, o show não se repete. Nas oitavas, a apreensão tomou conta da torcida com a derrota por 2 a 1 para o Estanciano (SE). 

Após conseguir passar para as quartas-de-final, o técnico Flávio Araújo falava em agredir ofensivamente o adversário na mesma proporção em que se é agredido. Mas não foi o que se viu fora de casa contra Lajeadense e Ypiranga (RS). O Galo demonstrou dificuldade para impor seu jogo na metade inicial de cada partida - período no qual tomou um gol em cada jogo. 

Na outra semifinal, o Botafogo (SP) fazia com o Remo (PA) o que Flávio queria para o River. Os paulistas tiveram mais chances de gol e praticamente dominaram os paraenses fora de casa.

Enquanto a torcida riverina está eufórica com a vaga na final, Flávio Araújo está atento aos erros. Em um papo rápido com o blog, o treinador até disse até que a partida fora de casa com o Ypiranga foi uma das piores do ano do time tricolor. Mas como ele vai mudar a postura do time no campo adversário, ele não revelou. É esperar pra ver.