Cidadeverde.com

Procura-se um presidente para clube da Série A do Piauí

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

O Parnahyba renovou o mandato de Batista Filho.

O Caiçara reelegeu Francisco Ispo. 

Na capital, Elizeu Aguiar, Tiago Vasconcelos e Jacob Júnior comandam River, Flamengo e Piauí, respectivamente. 

Dos clubes da primeira divisão do futebol do Piauí, apenas um está com futuro incerto. 

O Cori-Sabbá vai decidir somente na noite de hoje (16) se vai disputar o Campeonato Piauiense 2016. Caso desista, três times vão subir da Série B, ao invés de dois. A decisão precisa ser comunicada até amanhã (17), quando os clubes irão se reunir em Teresina para definir o formato da competição. 

José Bruno Filho vai deixar o comando do Cori. Disse ao blog Na Esportiva que continuará ajudando, mas não quer mais fazer parte da diretoria. Cansou de levar a águia nas costas. Sem apoios que bancassem o clube, acumulou prejuízos de vários dígitos nos últimos anos - ele estima R$ 200 mil.

O presidente convocou uma reunião para às 19h de hoje para a renovação da diretoria. Antecipou sua saída do cargo em mais de um mês para dar chance ao sucessor de colocar o time no campeonato. 

Um nome já foi levantado: o empresário Lauro Cronemberger é o nome preferido do próprio José Bruno Filho Resta saber se ele vai querer e se existirão outros interessados pelo cargo. 

No dia 18 de dezembro, o Cori-Sabbá completa 20 anos do seu único título no campeonato piauiense. E merece situação melhor que a de agora.