Cidadeverde.com

Goleiro piauiense sobe com o Santa Cruz da Série D até a Série A

Da Série A de 2006, o Santa Cruz (PE) viu um abismo. Caiu para a Série B de 2007, depois para a Série C de 2008, até chegar ao fundo do poço: a quarta divisão, em 2009. 

Ah, espera porque não era o fundo do poço ainda. Como não conseguiu subir em 2009, o Santa Cruz sequer tinha vaga garantida para a Série D de 2010. Precisou conquistá-la em Pernambuco.

E foi nessa época que chegou ao Arruda o goleiro Tiago Cardoso. Contratado em dezembro de 2010, o piauiense de Altos vestiu a camisa do time que nem vaga para a Série D de 2011 tinha. 

- Cheguei no Santa Cruz sem série. E hoje estamos em momento muito diferente. Tudo tem sido glorioso aqui. Cada competição que disputamos, tivemos momentos de grande superação. Em 2011, naquele jogo com o Treze, foi superação total. Outro momento foi na Série C em 2013, que estávamos bastante questionados por não ganhar fora de casa. Ganhamos do Cuiabá e tudo foi acontecendo da melhor forma a partir dali. Cada passo foi importantíssimo.

O Santinha subiu para a Série C de 2012. Depois garantiu vaga na Série B de 2014. E Tiago Cardoso sempre lá. Afastado por um longo período em razão de uma lesão no joelho, o goleiro voltou ao time titular nomeio da Série B. No sábado, depois de fazer 3 a 0 no Mogi Morim (SP), fora de casa, o Santa Cruz garantiu o retorno para a Série A.

Em carreata, Tiago Cardoso foi recebido por uma multidão que esperava o time em Recife (PE), aos gritos de "Ão, ão, ão, meu goleiro é paredão" - veja no vídeo abaixo (a partir de 3:30).

Além do piauiense, só o meia Renatinho está no time desde a Série D.