Cidadeverde.com

Fim da Copa Piauí fechará clubes a partir de maio; rebaixamento fortalece Piauiense Série B

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Os clubes que formam a primeira divisão do futebol piauiense decidiram acabar com a Copa Piauí, torneio seletivo que valia vaga para a Copa do Brasil. Foi em reunião nesta terça-feira (24) na Federação de Futebol do Piauí (FFP). 

Em resumo:

- Acabou a Copa Piauí
- Campeão e vice do Estadual terão vagas na Copa do Brasil e Copa do Nordeste 2017
- Dois times serão rebaixados para a Série B
- Oito times na disputa do Campeonato Piauiense
- Torneio em turno e returno, com dois jogos nas semifinais e dois finais de turno
- Campeões de cada turno decidem o título

O fim da Copa Piauí é uma triste notícia. É verdade que o torneio era deficitário, mas a segunda chance para se conquistar a vaga na Copa do Brasil abria a oportunidade para os clubes se manterem ativos por mais tempo. Sem ela, quando o Campeonato Piauiense acabar em maio, só teremos em atividade o River, na Série C, e o representante piauiense na Série D do Brasileirão.

Em resumo, sem a Copa Piauí, Flamengo e/ou Parnahyba, dois fortes clubes do estado, vão parar a partir de maio e só voltam em 2017 - exceto se forem rebaixados, o que nenhum quer. 

Mas jogar a Série C e a Copa Piauí ao mesmo tempo seria um problema para o River, em caso do tricolor não ser o campeão piauiense e detentor da primeira vaga na Copa do Brasil. 

Rebaixamento
Foi decidido também que dois clubes serão rebaixados para a segunda divisão em 2016, ao invés de um, como foi no torneio deste ano.

A medida sem dúvida fortalece a Série B. E jogadores que atuam nos times da primeira divisão poderão migrar para as equipes do torneio de baixo, como já ocorre na edição de 2015. 

Em caso de uma Série A equilibrada e com apenas oito clubes, é de se esperar que times com chance de ir para a semifinal nas últimas rodadas também possam cair. Será estranho, inusitado.

O mais justo, ao meu ver, seria ter só uma equipe rebaixada, mas isso poderia tornar a Série B menos atrativa. Ter duas vagas para quem for subir fortalece a divisão de acesso, algo importante no momento. Enfim, foi a escolha dos clubes. 

Formato pode confundir torcedor
Surgiu a ideia de acabar turno e returno e voltar o "turnão", o turno único, com equipes se enfrentando em jogos de ida e volta. A proposta foi vencida na reunião. 

Com isso, quem não se classificar para a semifinal do primeiro turno vai passar quatro rodadas sem jogar (semifinais e finais de turno terão jogos de ida e volta). É o sonho de todo treinador, só que não.

Dependendo da pontuação do primeiro turno, um time pode até se classificar para a semifinal no returno, mas ainda assim correrá risco de rebaixamento. Meu amigo, vai ter gente quebrando calculadora de tanto fazer conta... Torcedor vai entender?

Disputarão o torneio a partir de 30 de janeiro: River, Flamengo, Piauí, Parnahyba, Caiçara, Cori-Sabbá e mais dois times que vão subir da Série B - um deles é Picos e a outra vaga está entre Altos e Oeiras. 

Campeão e vice terão vagas garantidas na Copa do Brasil e Copa do Nordeste 2017. O melhor classificado depois do River irá para a Série D de 2016.