Cidadeverde.com

Sarah Menezes comemora bronze no Japão: "Foram lutas duras"

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Sarah Menezes tem razões para comemorar. Seu último pódio em torneios que somam pontos no ranking mundial foi o ouro no Pan-Americano de Judô, em abril, no Canadá. A última vez que medalhou em uma competição intercontinental foi em julho de 2014, quando foi campeã do Grand Slam de Tyumen, na Rússia. Agora foi bronze no Grand Slam de Tóquio.

Mas como eu disse mais cedo, a medalha foi o de menos. Sarah Menezes voltou a se impor. O caminho até o pódio era o mais difícil, e mesmo assim ela não se intimidou. Derrotou a líder do ranking mundial com um Ippon que empolga qualquer judoca e perdeu para a semifinal para a japonesa Haruna Asami nos últimos segundos, em uma luta igual, com um wazari para cada lado e decidida por conta de uma punição para a brasileira. 

- Estou muito feliz pela maneira como encarei a competição. Terminar o ano com uma medalha e ganhando de atletas duras foi maravilhoso. Estou cada vez mais confiante em mim mesma (...) A derrota na semifinal foi por apenas um descuido. Vou continuar trabalhando meu lado psicológico porque sei que poderia ter ido até mais longe na competição", concluiu a campeã olímpica.

A campeã olímpica gravou uma mensagem de agradecimento aos fãs e deixou um recado: 2016 vem aí.