Cidadeverde.com

Nadadores quebram 49 recordes estaduais e derrubam marcas de 17 anos

  • natacao-campeonato-piauiense2015-161.jpg Caio comemora a quebra do recorde piauiense que durava 17 anos nos 200 metros medley
    Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-29.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-28.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-27.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-26.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-25.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-24.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-23.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-22.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-21.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-20.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-19.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-18.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-17.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-15.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-14.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-13.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-12.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-11.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-10.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-9.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-8.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-7.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-6.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-5.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-4.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-3.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-2.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • natacao-campeonato-piauiense2015-1.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Você pode até pensar: campeonato piauiense de natação faltando uma semana para o Natal... Pessoal já tá cansado de tanto torneio, vão relaxar o braço... Sabe de nada, inocente!

No último fim de semana, a piscina do Círculo Militar de Teresina foi palco para nada mais, nada menos que 49 recordes estaduais quebrados. Duas dessas marcas duraram 17 anos.

Confira a lista dos 49 novos recordes estaduais

Veja o resultado completo do Campeonato Piauiense

Um dos recordes mais antigos entre os quebrados é de maio de 1998, quando Saulo Santos tinha apenas um mês de vida. Há 17 anos, Stenyo Henrique fez os 100 metros borboleta, da categoria Júnior 1, em 1:00:74. No último domingo, o nadador da academia Eugênio Fortes baixou a marca em três segundos (00:57.26).

A quebra do recorde já era esperada, mas não dessa forma. O resultado empolgou o público. Falaram até em marca "pré-histórica", uma vez que o tempo feito por Stenyo Henrique foi registrado na piscina da antiga sede das Classes Produtoras, onde hoje funciona um supermercado. 

Depois do feito, o Saulo conversou com o blog Na Esportiva. O próprio nadador admitiu que o torneio do último fim de semana foi o melhor da sua carreira. 

Outro recorde de 17 anos de história, e também do nadador Stenyo Henrique, foi superado na manhã de domingo. Caio Silvestre Lima, da AABB, fechou os 200 metros medley com o tempo de 02:13.47, bem abaixo dos 02:20.86 de abril de 1998. 

Quem participou da mesma prova foi Vinícius Gabriel Silva, hoje nadador do Corinthians (SP). De férias em Teresina, ele fez participação especial na prova e acabou também ajudando a puxar o ritmo para que o recorde fosse quebrado. 

Ah, um detalhe: assim como os recordes e o Saulo, o Caio também tem 17 anos.

Na pontuação geral, o Círculo Militar de Teresina ficou com o título, seguido por AABB e USMT. Na sequência aparecem Eldorado, RONE, Eugênio Fortes, Sesc GCB e Arrey.