Cidadeverde.com

Sarah Menezes se prepara para mudança de categoria após Rio 2016

Foto: Márcio Rodrigues/MPIX

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

O ano de 2016 começa com duas contagens regressivas para Sarah Menezes. A primeira é para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, onde a judoca deve competir no dia 6 de agosto. A outra é para o dia seguinte, que marcará a primeira mudança radical na carreira da atleta. 

Sarah Menezes luta desde sempre na categoria ligeiro, para mulheres de até 48 quilos. Foi assim que em 2006, a piauiense disputou seu primeiro campeonato mundial júnior, na República Dominicana. Isso aos 16 anos. Uma década depois, ela vai para sua terceira Olimpíada com o mesmo peso. 

Nesse período todo, Sarah Menezes não cresceu? O corpo dela não mudou? Claro que sim. Daí você pode imaginar como a cada ano deve ter ficado mais difícil se manter na mesma faixa de peso. Por isso, a decisão já foi tomada: após Rio 2016, a piauiense vai competir na categoria meio-leve, até 52 quilos. 

- O corpo muda. Não vou depois da Olimpíada me desgastar, ter uma vida muito controlada por conta de uma categoria, eu podendo treinar mais, aumentar minha força e partir para frente para outro ciclo olímpico. 

A decisão da judoca, tomada por livre e expontânea pressão do seu corpo, provocará mudanças no judô brasileiro. Atualmente reserva da piauiense, Nathália Brígida deve assumir a titularidade a partir de setembro. Já Sarah Menezes terá de começar do zero e brigar para ser titular da categoria hoje liderada por Érika Miranda, outra referêncoa do judô feminino nacional. 

Mas isso tudo é história para setembro, para depois dos Jogos Olímpicos. Por hora, o foco é em Rio 2016 e na segunda medalha.