Cidadeverde.com

Cori-Sabbá x Flamengo - voo da Águia ou da Fênix

Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde

Athirson assumiu o Flamengo para fazer o clube ressurgir das cinzas, como o pássaro grego

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Vinte anos depois de conquistar seu único título estadual, a Águia volta a voar. Com turbulência, mas o Cori-Sabbá voa.

O time do técnico Humberto Santana foi o último a se apresentar para a temporada 2016. E teve de treinar em Barão de Grajaú (MA) por problemas no estádio Tiberão, palco da partida de hoje com o Flamengo (PI). 

No principal teste, antes do início do Campeonato Piauiense, a equipe perdeu por 4 a 1 para o Bom Jesus de Sucupira (MA). 

Pelas atribulações, o Cori parece ser o adversário ideal para o Flamengo estrear com pé direito. O ano é importante para o rubro-negro, que vai disputar a Copa do Nordeste e quer se reerguer. 

Será o primeiro Campeonato Piauiense da gestão de Tiago Vasconcelos, presidente que tenta devolver ao clube algum patrimônio e cujas apostas no futebol logo repercutiram na mídia. Trouxe o técnico Athirson Mazzoli e conseguiu atrair os holofotes para o Flamengo em meio a onda a favor do River, que subiu para a Série C do Brasileirão. 

Mas os holofotes ainda estão em Athirson. O elenco, por mais que seja rodado, é quase todo desconhecido no futebol piauiense. Uma renovação no mercado que tem tudo para ser positiva, mas que ainda precisa ser vista dentro de campo para ganhar a simpatia dos rubro-negros. A derrota por 2 a 0 para o Piauí no amistoso da semana passada não ajudou muito nesse sentido. 

O Tiberão pode ver hoje o primeiro voo da Fênix rubro-negra. Pelo contexto, é menos provável que a Águia voe mais alto. Na pior das hipóteses, as duas podem bater as asas por 90 minutos e não saírem do chão. 

Cori-Sabbá x Flamengo
Campeonato Piauiense - 1º Turno - 1ª Rodada
Estádio Tibério Nunes - Floriano - 20h
Ingresso: R$ 15 (inteira) e R$ 10 (mulheres)