Cidadeverde.com

Ídolo do Sport e de Picos, Leonardo deixa o futebol nordestino de luto

Reprodução/Youtube

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Ampliada às 18h04

Hoje o blog perdeu a esportiva. Exatamente às 15h15 desta segunda-feira (1º). 

Leonardo Pereira da Silva, 41 anos, piauiense de Picos, foi um dos maiores ídolos e terceiro maior artilheiro da história do Sport Recife (PE), ex-jogador de clubes como Vasco, Corinthians e Palmeiras.

Pode-se dizer que foi o primeiro ídolo piauiense depois de Simão Teles Bacelar, o Sima. Até por ter ultrapassado barreiras que o maior artilheiro do Nordeste não conseguiu superar. Virou exemplo para garotos que passaram a acreditar ser possível sair do Piauí e virar jogador de futebol. 

Foi o primeiro piauiense a ser convocado para a seleção brasileira, ficando no banco de reservas do grupo comandado por Zagallo em 1995, em um amistoso contra a Romênia. E um dos jogadores do Piauí de maior projeção nacional até hoje. 

Foi o precursor de jogadores de sua cidade vitoriosos no futebol, como Renê, hoje lateral do Sport, e Rômulo, prata com a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. 

Agora tudo é no pretérito. Internado desde o dia 3 de fevereiro em Recife (PE), Leonardo não resistiu ao quadro de neurocisticercose e se foi. A informação foi confirmada ao Cidadeverde.com pelo Hospital da Restauração, que convocou coletiva de imprensa para tratar do caso do ídolo rubro-negro e piauiense. 

Leia também
Sport decreta luto e fará homenagem a Leonardo no jogo com o River
Juninho Pernambucano e Ricardo Rocha lamentam morte de Leonardo

A doença é adquirida através da ingestão de alimentos contaminados e comumente associada à carne de porco mal cozida - o que não significa que tenha sido assim que o ex-jogador adoeceu. 

Trabalhando nas categorias de base do clube que o projetou nacionalmente, Leonardo lutou nas últimas semanas na Unidade de Terapia Intensiva, para onde foi um dia após ser internado com um histórico recente de convulsões.

Tem um passado de glórias e um fim triste. Nos últimos anos, chegou até a ser detido sob acusação de não ter pago pensão alimentícia

É lamentável que Leonardo tenha ido dessa forma e tão jovem. Mais triste ainda que ficado tão pouco tempo entre nós. Luto na Sociedade Esportiva de Picos, no Sport Recife, no futebol do Piauí e do Nordeste. 

Velório no Sport
O Sport Club do Recife informou que, com autorização da família de Leonardo, o velório do ex-jogador será realizado na sede do clube. O presidente João Humberto Martorelli decretou luto oficial de três dias. O time rubro-negro fará uma homenagem ao ídolo na quinta-feira (3), no jogo da Copa do Nordeste contra o River.