Cidadeverde.com

River 2x0 Picos - Dois é bom. Mas não garante nada

Fotos: Érica Paz/River A.C.

Fabinho acertou a trave e abusou de perder gols

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

É o que diz o ditado: um é pouco, dois é bom, três é demais. 

No caso do River, um gol seria pouco. Ter feito dois gols contra Picos foi bom. Três seria demais e quase comemoração do título do 1º Turno do Campeonato Piauiense. 

Foram dois gols. Dois é bom. Contudo, insuficiente para comemoração antecipada. 

Na tarde deste domingo (20), no Albertão, o River teve tudo para fazer três, quatro, cinco...

Faltou sintonia entre Fabinho e Vanderlei. A dupla de ataque que se desenhou como o sonho dos tricolores estava desafinada. Fabinho não cruzou para Vanderlei, e ele reclamou. Quando Vanderlei cruzou para Fabinho ao invés de fazer o gol, o jogador vacilou na pequena área. 

Isoladamente, eles foram melhores. Fabinho acertou a trave aos 12 minutos. Aos 26, no rebote após a cobrança de escanteio, Thiago Dias chutou quase caindo e abriu o placar. Já aos 45, Vanderlei pegou o rebote do goleiro Dida e ampliou: 2 a 0. 


Vanderlei marcou o segundo gol da partida

A expectativa no intervalo era de que a Sociedade Esportiva de Picos jogasse mais. Nos primeiros 45 minutos, quando ameaçou, a SEP desperdiçou uma cobrança de falta. O Zangão pouco passou do meio do campo do Albertão.

Com a SEP mais exposta, o River poderia ampliar nos contra-ataques. Acreditei que era jogo para 2 a 1 ou 3 a 0. Não aconteceu nem uma coisa, nem outra. 

Enquanto Adelmo Soares conseguiu pelo menos melhorar a posse de bola de Picos com as alterações na equipe, Capitão só fez substituições quando seus jogadores se machucaram. Rogério saiu no primeiro tempo e deve estar chateado com a presença mais frequente no departamento médico este ano. Abaixo da média, Fabinho só deixou o campo de maca. Deu lugar a Daniel Piauí, que pouco tempo teve para ser experimentado. 

Picos poderia ter reduzido a desvantagem, mas esbarrou em Naylson quando teve suas melhores chances. Acelerado no primeiro tempo, o River caiu de produção na reta final. 

Lá se foi o penúltimo invicto do Campeonato Piauiense - agora só resta Altos. A vitória do River reverte a vantagem na decisão. Mas 2 a 0 para Picos no próximo sábado, no estádio Helvídio Nunes, dará o título para a SEP. Impossível? Nem um pouco. O Zangão tem time para isso. Mas precisará jogar muito mais do que hoje.

E teremos de esperar até sábado para saber se os gols perdidos hoje pelo River irão fazer falta.

Leonardo
Um momento bonito antes da partida. Torcedores foram ao gramado e estenderam uma bandeira com a imagem do atacante Leonardo e o escudo da SEP. Todos no Albertão aplaudiram. Por favor, façam isso sempre.