Cidadeverde.com

Embarque imediato para o Mundial Escolar de Badminton

  • bad2.jpg Fábio Lima
  • bad3.jpg Fábio Lima
  • bad4.jpg Fábio Lima
  • bad5.jpg Fábio Lima

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Atletas, árbitros e dirigentes embarcaram na tarde deste sábado (26), no aeroporto Petrônio Portela, em Teresina (PI), para a maior empreitada do badminton piauiense até hoje. 

O Piauí já dominou campeonatos nacionais e conquistou medalhas em sul e pan-americanos das categorias de base. Mas mundial é novidade. 

Vencedores do Campeonato Brasileiro Escolar, disputado no ano passado em Teresina, atletas de 15 a 18 anos conquistaram o direito de representar o país no Mundial Escolar de Badminton, que será disputado em Gzira, na República de Malta, arquipélago ao sul da Itália. A competição reunirá 20 países entre 28 de março e 3 de abril.

A participação dos piauienses contará com cobertura da TV Cidade Verde, direto de Malta.

Dos 19 atletas, 15 são do Piauí, entre eles nomes dos clubes Joca Claudino, Sinopse e Associação de Badminton do Grande Dirceu (Asbagdi). Maranhão e Tocantins completam a delegação, que será acompanhada pelo dirigente piauiense Francisco Braz, vice-presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE).

Adversários
Os brasileiros embarcaram já cientes do tamanho do desafio. O sorteio das chaves da competição na categoria escolar colocou o Brasil no Grupo A do torneio masculino, ao lado de França, Bulgária, Eslováquia e Grécia. As meninas ficaram no Grupo C, com China, Índia e Bélgica. 

Na categoria seleção, os garotos do Brasil vão enfrentar China Tapei, Turquia, Itália e Paquistão no Grupo B. As mulheres estão no Grupo A, ao lado de China, Turquia, Espanha, Grécia e Itália.