Cidadeverde.com

Após defender pênalti, Tiago Cardoso é recebido com festa em Recife

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Tiago Cardoso defendeu um pênalti do Ceará, em plena Arena Castelão. Se o Santa Cruz toma um gol na metade do segundo tempo, seria difícil reverter a situação. Hoje, o tricolor poderia estar fora da Copa do Nordeste. 

Mas graças ao Paredão, o Santa Cruz está nas semifinais do torneio. E o goleiro piauiense foi recebido em Recife (PE) nesta segunda-feira (4) com festa. 

Torcida recepciona time no aeroporto após classificação em For...

TORCIDA RECEPCIONA TIME NO AEROPORTO APÓS CLASSIFICAÇÃO EM FORTALEZADezenas de tricolores foram ao Aeroporto dos Guararapes no começo da tarde desta segunda-feira para recepcionar os seus guerreiros, que trouxeram na bagagem a classificação para a semifinal do Nordestão, após uma bela vitória sobre o Ceará, no domingo, em pleno Castelão, em Fortaleza.E como não podia deixar de ser, o goleiro Tiago Cardoso foi o mais festejado pela torcida coral: “Ão, ão, ão, meu goleiro é paredão”. O camisa 1 coral voltou a operar milagre com defesas sensacionais, incluindo uma na cobrança de um pênalti.A recepção calorosa no aeroporto foi apenas um breve momento de comemoração dos atletas e confraternização com a torcida. O time de Milton Mendes já está totalmente focado no próximo encontro decisivo que o Santa terá nesta semana. Nesta quarta-feira, os tricolores voltam a campo, às 21h50, para receber o time do Rio Branco-ES, pela Copa do Brasil, no Arruda. Com a vitória por 1x0 no jogo de ida, a equipe precisa apenas de um empate para garantir a vaga na próxima fase da competição.

Publicado por Santa Cruz Futebol Clube em Segunda, 4 de abril de 2016

 

- São vários fatores que você tem que unir naquele momento ali e agir em frações de milésimos (de segundo) e graças a Deus eu fui feliz. 

O goleiro também comentou que tem recebido a cobrança do filho, porque nunca mais havia defendido uma penalidade. Surtiu efeito. 

- Ele já tem cinco anos, mas entende de futebol pra caramba. Chegou em Recife com dois meses de vida e realmente me cobra. Quando vence, ele dá risada. Quando perde, ele fica triste. Então é um tricolorzinho que me cobra bastante.