Cidadeverde.com

Vencer e não tomar gols: a meta do River contra o Goiás na Copa do Brasil

  • river16.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river15.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river14.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river13.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river12.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river11.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river10.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river09.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river08.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river07.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river06.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river05.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river04.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river03.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river02.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde
  • river01.jpg Foto: Thiago Amaral/Cidade Verde

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

A preocupação em não tomar gols dominou a entrevista coletiva do River antes da estreia na Copa do Brasil. O Galo joga nesta quinta-feira (7), às 21h30, no estádio Albertão, e todo gol sofrido em casa pode virar problema. Aliás, derrota por dois gols de diferença elimina o time piauiense sem necessidade da partida de volta em Goiânia (GO). 

O zagueiro Paulo Paraíba vai comandar a defesa tricolor. Quer a vitória, mas sem tomar gols. 

- É um jogo bastante difícil. Sabemos da importância de não tomar gols fora de casa. Então vamos buscar este equilíbrio.

O lateral Tote concorda. 

- A gente sabe que gol fora de casa é importante. Então a gente não pode ser surpreendido e levar gol dentro de casa. O importante pra gente é vencer, e se não levar gols vai ser melhor ainda. 

O goleiro Naylson não trata um gol sofrido no Albertão com tanto temor. Ele confia no ataque riverino. 

- É importante a gente não tomar gols dentro de casa. Mas se caso vier a acontecer, eu tenho certez que nosso time é capaz de fazer gols lá na frente e conseguir a tão sonhada classificação. 

O objetivo maior, no entanto, não é deixar de tomar gols. É fazer. 

O técnico Jefferson Silva, o Capitão, deve contar com o retorno do atacante Vanderlei, que fez seu último teste no treino desta quarta-feira (6). Já Fabinho sentiu a coxa e foi poupado da atividade. Sua escalação virou dúvida. 

Capitão viu a vitória do Goiás sobre o Itumbiara por 2 a 0, no último fim de semana, pelo Campeonato Goiano. Fez elogios ao time treinado por Enderson Moreira. Avalia o Goiás como uma equipe compacta, na qual o coletivo predomina. Por isso, é preciso tomar cuidado com todos os atletas. 

- Acredito que eles tenham visto os nossos jogos. Mas nós, dentro de casa, temos feito grandes jogos. E a gente espera repetir essas atuações.

River x Goiás
Copa do Brasil - 1ª fase - Jogos de Ida
Albertão - Teresina - 21h30

Ingressos:
até 12h: R$ 20 (arquibancada placar), R$ 30 (arquibancada cabine) e R$ 50 (cadeiras). 

após 12h: R$ 30 (arquibancada placar), R$ 40 (arquibancada cabine) e R$ 60 (cadeiras). 


Postos de venda: Lojas Noroeste e Nutrydiet (até 12h) e Albertão (após 12h)