Cidadeverde.com

De volta pra casa

Foto: Érica Paz/River A.C.

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

O River cometeu seus erros na pré-temporada. Contratou jogadores que não se encaixaram no time e agora teve de dispensá-los. 

Dispensou Júnior Xuxa antes do Campeonato Piauiense. Depois teve de contratá-lo de volta por falta de meias. 

Contratou um treinador de nome no Norte e Nordeste, quando tudo o que precisava mesmo era de alguém que não desmontasse o trabalho feito por Flávio Araújo. 

Não, a volta de Eduardo não se encaixa nesses exemplos. Mas ele se encaixa no River. O time vice-campeão da Série D de 2015 está praticamente completo. 

O atacante pediu para sair e tentar um novo desafio no futebol cearense. Seguiu com Flávio Araújo para o Fortaleza (CE), e a saída do treinador certamente deve ter pesado contra o jogador piauiense. 

Ele não errou na escolha. A escolha foi que deu errado. Mas agora tem tudo para dar certo.

De volta ao Piauí, Eduardo ficará mais perto de seus negócios. Ele joga futebol porque gosta. E seu novo desafio mesmo será a Série C do Brasileirão, com o ex-clube como adversário na estreia.

- É um objetivo do clube muito grande, tem um sonho subir de novo de divisão e é possível, sim. 

Mas o artilheiro pode ser peça importante para o Galo em outro torneio, a Copa do Brasil. Tanto que o técnico Capitão espera que o nome de Eduardo esteja regularizado antes do embarque de terça-feira para Goiânia, onde o tricolor irá enfrentar o Goiás.

- Se tiver apto, se chegar a regularização dele, com certeza nós utilizaremos ele no jogo.