Cidadeverde.com

A última cartada do Flamengo: tomar os pontos do Caiçara

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

O Campeonato Piauiense vai acabar na Justiça. Pelo menos será no Tribunal de Justiça Desportiva, e não na Justiça comum.

Na tarde de quarta-feira (27), o Esporte Clube Flamengo ingressou com ação pedindo que o Caiçara perca todos os pontos conquistados no 2º Turno.

Ou seja, o Caiçara perderia os pontos de um empate no jogo com o Cori-Sabbá e uma vitória contra o Flamengo, porque os outros que tiveram a oportunidade de jogar venceram o time de Campo Maior (Altos, Parnahyba e Piauí). 

Na ação
O rubro-negro alega artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e Estatuto do Torcedor - este último prevê que partidas de time que não tenha "atendido critério técnico previamente definido" serão desconsideradas, "inclusive para efeito de pontuação."

O Flamengo entende que faltou critério técnico ao Caiçara por se ausentar do jogo com o River no último fim de semana, e na quarta-feira contra Picos. 

Li e reli os artigos e as alegações da diretoria rubro-negra. A impressão que tive é de que se quer usar um artigo do CBJD para se obter uma punição prevista no Estatuto do Torcedor. Não vou mentir, me pareceu estranho. Mas tudo vai depender da interpretação do Tribunal de Justiça Desportiva.

Na prática
O Flamengo chegaria para a última rodada com 10 pontos, podendo alcançar a marca de 13 e com chances reais de classificação para as semifinais do returno. 

Mas ação não terá serventia nenhuma se o Flamengo perder do Parnahyba e Altos ganhar do Cori-Sabbá - o segundo resultado é muito provável. 

Dentro de campo, a pergunta é se o Flamengo tem condições de vencer o Parnahyba no domingo, quanto mais avançar nas semifinais do returno. 

Na verdade
O Flamengo tinha era obrigação de ter vencido o Caiçara, isso sim. Perdeu por 2 a 1 no campo. Não parece razoável que após a desistência do time, o rubro-negro venha reivindicar os pontos que não conseguiu conquistar no jogo.

Aliás, nenhuma decisão fora de campo parece razoável, mas a justiça existe para reparar erros, impedir o uso de outros meios para se ganhar o jogo, etc.

Vai depender da Justiça Desportiva. Uma coisa é a lógica do futebol na cabeça do torcedor. Outra coisa é interpretar as leis. 

Se os resultados de domingo forem favoráveis ao Flamengo, o clube pode tentar decidir o torneio no "tapetão". Se vacilar, até tentar paralisar o campeonato. Do contrário, a ação vai ficar parecendo desespero de time eliminado.