Cidadeverde.com

River x Botafogo (PB) - o freguês merece respeito

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

São quatro confrontos recentes: três vitórias do River e um empate de 2015 para cá. E serão pelo menos outros três ou quatro jogos com o Botafogo da Paraíba só neste ano - a recomeçar por hoje (11). 

Mas não, torcedor tricolor, não pense que já pode recepcionar o rival na entrada do Albertão e perguntar se ele quer CPF na nota. 

Nenhum desses jogos foram facéis, a começar pelo último. Por mais que a árbitragem tenha prejudicado o River em João Pessoa (PB) e o Galo tenha perdido várias chances de gol, o Botafogo também teve suas oportunidades para ganhar a partida, que terminou em 1 a 1. 

Sim, o River foi prejudicado pela arbitragem na Copa do Nordeste com um pênalti inexistente marcado para o Botafogo. Não, nesse caso o freguês não tem razão. 

Na Paraíba, o Botafogo talvez possa ser incontestável. É finalista do campeonato estadual com apenas duas derrotas em 14 jogos, dos quais venceu oito. A média é de dois gols por partida. 

Sim, o freguês merece respeito e o melhor atendimento e receptividade que possa ter. E não porque se deve tratar bem todos os clientes. O respeito é para conter a euforia, aquela mesma que tomou conta de todos antes da final da Série D do Brasileirão, na qual o River terminou vice em casa.

O técnico Capitão fez o alerta durante a semana. Contra o Goiás, o River foi menosprezado. Isso serviu de combustível para o time tricolor. Aos paraibanos, o Galo não pode cair no mesmo erro e dar a eles essa motivação extra-campo.
 
O River deve esquecer o retrospecto e entrar em campo como se estivesse enfrentando o Botafogo pela primeira vez. 

Depois do jogo, após o time fazer o que precisa ser feito, aí sim, o torcedor do Galo pode até chegar para os alvinegros com sorriso no rosto e perguntar: quer CPF na nota?

River x Botafogo (PB)
Copa do Brasil - 2ª fase - jogo de ida
11/05 - Quarta - 20h30 - Albertão - Teresina (PI)


Ingressos: no local do jogo
R$ 30 (arquibancada do placar que não funciona)
R$ 40 (arquibancada das cabines de imprensa)
R$ 60 (cadeiras)